Morre policial militar, aos 27 anos, vítima de câncer

Por: - 12 de abril de 2021
Policial militar
Ao longo dos cinco anos que esteve na Instituição, a soldado deixou um legado de bravura, respeito, conhecimento, companheirismo e lealdade / Reprodução

Na manhã de domingo (11/4), a Polícia Militar do Paraná prestou a última continência à soldado Silvia Samara Oliveira Gini, que morreu, aos 27 anos, vítima de câncer.

Natural de Ivatuba, no Paraná, a soldado ingressou na Polícia Militar, em 2016, como soldado na 2ª Esfaep (Escola de Formação, Aperfeiçoamento e Especialização de Praças). Após a formatura, passou a prestar serviços no 4º Batalhão da Polícia Militar em Maringá.

Ao longo dos cinco anos que esteve na instituição, a soldado deixou um legado de bravura, respeito, conhecimento, companheirismo e lealdade. Atuou na Rádio Patrulha e no Centro de Operações Policiais Militares (COPOM). Além disso, integrou a equipe de Policiais Militares que atuaram na Operação Verão 2018/2019.

Em novembro de 2020, foi diagnosticada com melanoma metastático, o que levou a ser afastada do trabalho para o tratamento da doença. Por meio de nota, o 4º Batalhão da Polícia Militar afirmou que “a soldado Samara foi exemplo de luta e determinação para seus companheiros, deixando também um legado de comprometimento e amor à vida”.

- Quer receber as notícias no seu WhatsApp? Clique aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.