Morre Luiz Boligon, diretor do Hospital Psiquiátrico, por complicações da Covid-19

Por: - 8 de março de 2021
Ele estava internado há quatro semanas em tratamento contra a Covid-19 / Reprodução

Morreu no domingo (7/3) o diretor administrativo do Hospital Psiquiátrico de Maringá, Luiz Boligon. Ele estava internado em tratamento contra a Covid-19 há quatro semanas e sofreu uma parada cardiorrespiratória. Boligon trabalhou na Cocamar por mais de 15 anos e integrou o extinto Serviço Autárquico de Obras e Pavimentação (Saop) de Maringá.

No Hospital Psiquiátrico, integrava a equipe diretiva desde maio de 2001. Formado em Ciências Contábeis, era especialista em Administração Hospitalar. Ele também foi membro da Diretoria do Sindicato dos Hospitais e Estabelecimentos de Saúde de Maringá (Shesmar) e diretor de Psiquiatria da Federação dos Hospitais do Paraná (Fehospar).

Luiz Boligon deixa a mulher Vera, os filhos Rafael, André e Luciana, além de sete netos (cinco meninos e duas meninas).

Em nota, a presidente do Hospital Psiquiátrico de Maringá, Maria Emília Parisoto, lamentou a morte de Boligon. “Uma perda irreparável. Grande ser humano, profissional exemplar, excelente gestor, amigo, companheiro, que deixa saudade e um legado de amizade, trabalho e respeito ao próximo”, disse.

O velório será a partir das 9h30, na Capela do Prever, com restrição de pessoas. O sepultamento está previsto para às 15h30, restrito a 20 pessoas, com distanciamento.

- Quer receber as notícias no seu WhatsApp? Clique aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.