Granado Imóveis lança primeiro edifício com fachada fotovoltaica em Maringá

Compartilhar

O edifício Gran Horário promete mudar a “paisagem” do Novo Centro de Maringá (PR). Lançado pela Granado Imóveis – construtora e imobiliária com quase 40 anos de tradição e profissionalismo -, o empreendimento segue conceitos sustentáveis, com emprego de muita tecnologia e de uma arquitetura moderna e exclusiva. O maior destaque está na fachada solar, considerada inédita entre os edifícios locais. Pelo projeto arquitetônico, as placas fotovoltaicas integrarão a arquitetura da fachada como decoração, junto com floreiras de diferentes tamanhos e altura, que darão um ‘ar’ de floresta vertical nas duas torres do edifício – previsto para ser construído na esquina da Avenida Horácio Raccanello Filho com a rua Vereador Basílio Sautchuk.

O novo empreendimento também terá uma “ponte” ligando as duas torres de apartamentos – arquitetura que será um marco no ‘skyline’ da cidade. Outros diferenciais para quem procura um apartamento com boa localização e muito conforto, são a instalação de sistema para potabilizar e reutilizar a água da chuva (que segue legislação municipal); a infraestrutura para carregadores de veículos elétricos para todos apartamentos; e construção de um amplo bicicletário, para incentivar o uso de bicicletas como meio de transporte e lazer e espaço para separação do lixo.

Marco na arquitetura da cidade: uma ponte fará a ligação entre os dois blocos de apartamentos (Imagem: Divulgação)

Seguindo tendências internacionais, o Gran Horário terá ainda diversos espaços de uso coletivo, o conceito conhecido como “quintal compartilhado”, com espaços para o bem-estar e a realização de serviços para lavar veículos e bicicletas; dar banho nos pets; fazer piqueniques em família; montar horta, oficina de ferramentas, salão de beleza e spa; para praticar atividades físicas, como pilates; para trabalhar em sistema de coworking e até para lavar roupa – a denominada “lavanderia compartilhada”.

A sócia da BEO Arquitetura, responsável pelo projeto do edifício, Denise Belanda, afirma que o Gran Horácio será um ‘oásis’ em meio ao Novo Centro de Maringá.

“A gente começou o desenvolvimento do prédio tendo como vantagem o terreno, que tem uma fachada bem extensa (terreno tem 100 metros). A frente dele é bem maior que a profundidade, então a grande maioria – senão, todos os apartamentos – tem uma vista muito boa. Tem bastante fachada para o lado da Raccanello, aí tem a esquina da Basílio, que também é legal, e na parte de trás, a partir do 14º andar tem vista liberada para toda a cidade, inclusive para a Catedral de Maringá (cartão postal do município)”, complementa a arquiteta.

Ícone de arborização
O Novo Centro de Maringá aproveita um vazio urbano que passa em cima da linha do trem, por isso não há árvores de grande porte. Então, o projeto do Gran Horácio visa tornar o edifício um ícone de arborização no bairro. Para o fundador da Granado Imóveis, João Granado, o Gran Horácio inspira o futuro sustentável da melhor cidade para se viver do Brasil, assim como incentiva os moradores a uma vida saudável e conscientiza todos sobre a importância de cuidar do meio ambiente.

“O edifício é um marco na cidade. Essa é uma das coisas que nós sempre temos como premissa: diferenciar nossos prédios. Queríamos que o Gran Horário fosse um lugar diferente e ecologicamente correto. Que tivesse esse cuidado em relação à fachada, para que parecesse uma floresta vertical, ajudando no visual e na temperatura. Outra vontade era de oferecer um residencial “plus”, no qual você tem dentro de sua própria moradia tudo que precisa para ter uma vida melhor, mais saudável e amigável. São vários conceitos reunidos em um lugar só, tendo também um visual impactante, que é muito importante”, ressalta Granado.

Em relação ao bem-estar e conforto dos futuros condôminos, a arquiteta Denise Belanda destaca que o projeto do Gran Horácio é inovador não somente no design arquitetônico da área externa e em razão da eficiência energética, mas também em seu interior, por privilegiar a entrada de luz natural durante todo o dia.

“O que a gente sempre procura é bastante ventilação, insolação e iluminação natural dentro dos apartamentos, uma das premissas das construções sustentáveis. Com a fachada mais larga, conseguimos colocar banheiros com janelas amplas, ventilados e iluminados. E os quartos também estão com janelas maiores. A cozinha e a sala têm integração com a sacada, conferindo um valor diferenciado para quem está dentro do apartamento”, descreve Denise.

Conceito de sustentabilidade
Quanto à instalação de painéis solares, o mais comum em Maringá é que essas placas sejam instaladas nos tetos dos edifícios e não na fachada deles. “A Granado Imóveis traz o conceito de sustentabilidade em um projeto que se adapta melhor às condições climáticas de Maringá e que conversa com o ‘verde’ da cidade. O apelo vem logo na fachada, que exibe as placas fotovoltaicas para a captação de energia solar, que irão abastecer todas as áreas comuns do prédio”, afirma a arquiteta.

A arquiteta complementa que as floreiras de diversos tamanhos ao longo da fachada farão uma brincadeira entre as alturas, criando um visual fluido e harmônico. “Vários apartamentos terão essa sacada integrada a uma floreira grande, trazendo o conceito de floresta vertical, que alivia um pouco o calor e o ruído das janelas”, ressalta.

A Granado já assina outros 11 edifícios no Novo Centro de Maringá, além do futuro Gran Horácio – projetado para ser construído no modelo de construção a preço de custo, que a Granado Imóveis é pioneira. Neste formato, os próprios condôminos são os ‘donos’ da obra e pagam pelo custo real dos materiais e serviços que envolvem a construção. Aos investidores, este modelo gera economia, além de possibilitar que a obra saia como cada um dos investidores sonhou.

“O imóvel é uma garantia de que as coisas são suas. Tem documento, escritura, você é o dono, e isso é muito importante para o nosso crescimento. Então, o imóvel não é apenas um capital; ele é, acima de tudo, uma grande realização do indivíduo. O grande sonho da maioria das pessoas é ter uma casa para morar, é o primeiro passo de um investimento”, explica João Granado.

Pré-reservas
O novo projeto da Granado Imóveis, o Gran Horário, está em fase de prospecção e os interessados já podem fazer a pré-reserva no site: www.granhoracio.com.br. Ao todo, o edifício terá 174 apartamentos com área privativa de 58 a 85 m², com dois ou três quartos, sempre com uma suíte, além de sacada com ponto para churrasqueira e opções com uma ou duas vagas de garagem.

Além do site, os investidores também podem saber mais sobre o empreendimento no escritório da Granado Imóveis, na rua Arthur Thomas, 252, na Zona 01 ou na Central de Vendas no endereço do empreendimento: avenida Horácio Racanello, esquina com rua Basílio Sautchuk.


Compartilhar