Em reunião com governador, TIM anuncia expansão da infraestrutura de rede no Paraná

Por: - 15 de abril de 2021
TIM
CEO da Tim no Brasil, Pietro Labriola, participou de reunião com o governador Ratinho Junior / Jonathan Campos

Em reunião com o governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD), o CEO da TIM no Brasil, Pietro Labriola, anunciou nesta quinta-feira (15/4) o plano de expansão da infraestrutura de rede no Estado. A operadora, que já tem 4G em todos os municípios paranaenses, agora trabalha no reforço dessa cobertura, especialmente em estradas. A infraestrutura instalada cobrirá 2.800 quilômetros de rodovias que passam pelo Estado, além de 355 distritos e vilas e oito resorts, com foco também no desenvolvimento turístico da região.

Entre as rodovias beneficiadas com o investimento estão os trechos por onde escoam grande parte da safra do Paraná e que interligam as cidades de Curitiba, Ponta Grossa, Guarapuava, Cascavel, Foz do Iguaçu, Campo Mourão, Maringá, Paranavaí, Londrina e Paranaguá, além do trecho no litoral, entre Alexandra e Matinhos.

Em algumas das estações que serão instaladas, a empresa começará a usar um modelo sustentável inédito no Brasil, com sites off-grid, conectados via satélite e alimentados por painéis solares.

“O crescimento da TIM historicamente está associado ao desenvolvimento do Paraná. Nosso plano de expansão viabiliza a maior democratização e a inclusão digital da população em áreas menos conectadas, introduzindo ainda uma tecnologia inovadora, simplificada e de baixo impacto ambiental. Esse projeto é o perfeito exemplo da estrita integração das dimensões ESG com o Plano Industrial da TIM”, explica o CEO da TIM, Pietro Labriola.

“Estamos construindo uma rede integrada de modais com investimentos em rodovias, ferrovias, portos e aeroportos, o que transformará o Paraná no hub logístico da América do Sul. Só podemos alcançar esse objetivo com conectividade e tecnologia de ponta. Esse apoio da TIM será fundamental para o Estado nos próximos anos”, afirma o governador Ratinho Junior.

Modelo sustentável inédito no Brasil

Democratizar o acesso à conectividade é uma das prioridades da TIM, assim como a condução do negócio em linha com as melhores práticas ESG (ambientais, sociais e de governança, na sigla em inglês). Por isso, a operadora desenvolveu sites (antenas) off-grid em parte do projeto de expansão da sua cobertura 4G. O objetivo é levar a rede de quarta geração a locais de difícil acesso e sem energia elétrica disponível. Cada site do projeto tem sua própria geração de energia solar com painéis fotovoltaicos e utiliza ainda baterias de lítio, que garantem autonomia completa e mais capacidade para ciclos de carga e descarga, resultando em maior vida útil do equipamento.

Dos primeiros 15 sites off-grid a serem instalados no Brasil, cinco serão em rodovias do Paraná localizadas nas cidades de: Palmeira, Prudentópolis, Diamante do Sul e Chopinzinho. O projeto faz parte do Plano Estratégico ESG da TIM que prevê, até 2025, alcançar 80% de ecoeficiência no tráfego de dados e ter 90% do consumo de energia proveniente de fontes renováveis, além de contribuir também com aspectos sociais ao promover a inclusão digital.

TIM no Paraná

A TIM é líder de mercado na região Sul, com 33,1% dos clientes de telefonia móvel e no Paraná, com 54,3% dos clientes (7.031 milhões). A operadora também está à frente na cobertura 4G, presente em 100% das 399 cidades paranaenses e segue investindo. Para 2021, foram previstas mais 549 ampliações em torres já existentes em 185 municípios. A liderança no Estado é reforçada na cobertura da tecnologia 4.5G, já implantada em 159 municípios.

A empresa ainda investe na rede 4G na frequência 700 MHz, tecnologia que aumenta a capacidade de rede e permite um maior alcance do sinal, especialmente em ambientes fechados. Essa faixa – frequência mais baixa que as usadas anteriormente – já implantada em 369 cidades, tem maior alcance de cobertura, proporcionando uma experiência mais completa aos clientes, que passam a ter um sinal mais intenso e com melhor qualidade em locais mais afastados e distantes das antenas e também em ambientes indoor, como shoppings e estacionamentos subterrâneos.

Para atender esse volume de clientes da TIM no Paraná, a operadora dispõe hoje cerca de 20.900 pontos de venda em todas as regiões do Estado.

No Paraná, a capital Curitiba está entre as novas capitais brasileiras que receberam, em dezembro de 2020, a tecnologia 5G DSS da TIM (5G sobre as frequências atuais do 4G). A ativação dessa rede faz parte da estratégia da TIM – iniciada no ano passado com os testes pioneiros do 5G no Brasil – de proporcionar desde já aos clientes, sem custos adicionais, uma experiência diferenciada de conectividade, que evoluirá muito com a chegada revolucionária do 5G no país após o leilão de frequências previsto para 2021, pela Anatel. O 5G DSS já está ativo em 20 estações de Curitiba e o sinal pode ser percebido em partes das regiões do Batel, Centro, Jardim Botânico e Parque Barigui.