Magazine Luiza compra a startup maringaense de delivery de comida AiQFome

Por: - 4 de setembro de 2020
Valores da aquisição não foram revelados / Divulgação

O Magazine Luiza anunciou na quinta-feira (3/9) a compra da startup de delivery de comida AiQFome, com sede em Maringá. Por enquanto, a empresa não trabalha com entregas e faz apenas a ponte entre consumidores e restaurantes. Com a aquisição, os testes para iniciar o processo de entregas começam ainda neste mês. Os valores da aquisição não foram revelados. 

Segundo o jornal Estado de S. Paulo, dos sete sócios do AiQFome, três devem ficar com o Magazine Luiza para tocar a operação. A negociação foi conduzida pela Stonecapital, escritório especializado em fusões e aquisições, com sede no Rio Grande do Sul e com presença também no Paraná.

Para a agência Reuters, o diretor financeiro e de relações com investidores do Magazine Luiza, Roberto Bellissimo, disse que o objetivo da compra é aumentar a recorrência do uso do aplicativo da Magalu. O AiQFome será integrado ao superapp da Magalu e marca a entrada da varejista no setor de alimentação e delivery. 

Nos últimos meses, o aplicativo anunciou uma série de aquisições como o portal Estante Virtual e as startups Hubsales, Canaltech e Inloco Media, além da mais recente aquisição da Stoq. Nos últimos anos, o Magalu passou a incluir carteira digital e os e-commerces de Netshoes, Zattini, Época Cosméticos e outros.

O AiQFome tem 2 milhões de clientes, 17 mil restaurantes cadastrados e está presente em mais de 350 cidades e 21 estados, atendendo 20 milhões de pedidos por ano. A movimentação financeira (GMV – Gross Merchandise Value), baseada no último mês, representa R$ 700 milhões em termos anualizados, com mais de 6 milhões de pedidos.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.