Maringá Liquida movimenta o comércio de quinta-feira a domingo. Vão ser sorteados mil vales-compra de R$ 100

Por: - 12 de fevereiro de 2020
A cada R$ 100 em compras, o cliente ganha uma raspadinha / Divulgação ACIM

De quinta-feira (13/2) a domingo (16/2) vai ser realizada a 35ª edição da Maringá Liquida. Mais de mil lojas vão participar da tradicional promoção de início de ano do comércio da cidade. Além de aproveitar os descontos, os consumidores vão ter a chance de ganhar um vale-compra de R$ 100 para gastar na loja onde for sorteado.

Os consumidores de Maringá e da região vão encontrar descontos em roupas, calçados, acessórios, móveis eletrodomésticos, materiais de acabamentos, materiais de construção, gêneros alimentícios e bebidas diversas.

A Maringá Liquida é realizada pela Associação Comercial e Empresarial de Maringá (ACIM) e pelo Sindicato do Comércio Varejista de Maringá e Região (Sivamar). Neste ano o tema se mantém o mesmo da edição anterior, “raspe, ache e ganhe”.

Os clientes vão receber um cartão raspadinha a cada R$ 100 em compras nas lojas participantes.

Quem encontrar o bilhete premiado, ganha mais R$ 100 em produtos na loja onde fez a compra. A promoção vale para lojas de bairros, shopping e da região central que estejam enfeitadas com a bandeira do Maringá Liquida.

Só no Shopping Avenida Center, mais de 100 lojas participam da promoção. Durante a Maringá Liquida, o Shopping Cidade Maringá vai oferecer desconto no estacionamento.

“Todo mundo vê que os produtos realmente têm desconto e que há oportunidade para todos”, afirma Edilaine de Lima, gerente de vendas de uma das unidades da B1.

Durante a Maringá Liquida, as lojas funcionam em horário especial durante o final de semana. No sábado, o comércio de rua vai abrir as portas até as 18 horas e, no domingo, as lojas abrem das 13 horas às 19 horas.

As lojas dos shoppings abrem das 10 horas às 22 horas no sábado e das 14 horas às 20 horas no domingo.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.