Abrasel e Sebrae organizam o 4º Simpósio Foodservice Maringá. Evento discute necessidades dos clientes

Por: - 13 de outubro de 2019
Imagem ilustrativa / Pixabay

O mercado de alimentação fora de casa, o foodservice, é um segmento de negócios em crescimento. Os resultados do setor sustentam essa tese. De acordo com o Instituto Foodservice Brasil (IFB), empresas do ramo movimentaram mais de R$ 170 milhões no País na última década, com números positivos até em períodos de crise.

Somente em 2017, a receita avançou 3,9%. Outro dado animador é o percentual de brasileiros que comem fora de casa, que segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), chega a 33%.

Sair-se bem nesse cenário, entretanto, depende de alguns fatores, como acompanhar as tendências e o comportamento do consumidor. Esse será o assunto abordado no 4º Simpósio Foodservice Maringá, realizado pelo Sebrae/PR e Abrasel Noroeste do Paraná, com o tema “Experiência de consumo e tendência”.

Com o objetivo de proporcionar conhecimento específico e desenvolvimento para micro e pequenas empresas, o simpósio vai ser realizado no Sebrae/PR, das 13h às 18h, no dia 24 de outubro. O evento é voltado para donos e profissionais de bares, restaurantes, lanchonetes, foodtrucks e hotéis.

Segundo a consultora do Sebrae/PR, Patricia Valente Santini, durante o evento, os gestores serão estimulados a desenvolver o olhar para atender às necessidades atuais dos clientes. Estão programadas palestras, talk-shows e rodadas de networking.

“Trataremos de como novos modos de vida interferem nos modelos de negócios. As empresas precisam ser ágeis e flexíveis, estando atentas às necessidades que geram novas oportunidades. Queremos provocar empresários a questionarem quais problemas resolvem hoje com seus negócios”, explica Patricia.

A presidente da Abrasel Noroeste do Paraná, de Deborah Kemmer, ressalta que vários aspectos motivam a preocupação do consumidor com a experiência de comer fora de casa.

“Os clientes gostam de saber se o estabelecimento tem política de compra mais consciente, sem desperdício e práticas sustentáveis. São tendências refeições personalizadas, questão de saúde e bem-estar, feiras gastronômicas e ações temporárias, além de operações on-line”, exemplifica.

Para Deborah, o foodservice vem driblando as mudanças do mercado e continua crescendo, basicamente porque, nesta última década, o setor soube incorporar novas tendências.

“Mas é preciso investir em inovações para otimizar processos, controlar fluxo de caixa, evitar perdas e despesas desnecessárias e, sobretudo, conhecer melhor o cliente para acompanhar as transformações”, pondera.

Com mais de 20 anos de experiência na área de planejamento e análise de dados, Ligia Mello, da Hibou Monitoramento de Mercado e Consumo, realizará uma palestra sobre tendências para os próximos anos no foodservice.

A abordagem levará em conta as expectativas do consumidor brasileiro em relação aos estabelecimentos, produtos e serviços.

Também palestrará no evento o autor da reforma trabalhista, Marlos Melek. O juiz tratará do tema “Como aumentar a motivação e o engajamento do colaborador no novo cenário da lei 13.467/17”.

São parceiros no Simpósio a Associação Comercial e Empresarial de Maringá (Acim), Empreender, Prefeitura de Maringá, Turismo Maringá, Rede de Turismo Regional (Retur) e Maringá e Região Convention & Visitors Bureau.

Mais informações e adesões pelos telefones (44) 99144-2021 e 3220-3474 ou pelo e-mail [email protected]

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.