Aplicativo que ajuda a reduzir o desperdício de alimentos, Ecofood chega a Maringá

Por: - 23 de julho de 2019
São cerca de 30 estabelecimentos cadastrados em Maringá / Reprodução Facebook

Nos estabelecimentos do ramo alimentício como restaurantes, padarias e docerias é comum que alguns alimentos não sejam consumidos e, na maioria das vezes, esses produtos são descartados. Pensando nisso, dois engenheiros civis resolveram criar o Ecofood, um aplicativo para comercializar por preços mais baixos os alimentos, em boas condições, que seriam descartados.

Lançado em Londrina em fevereiro desse ano, o Ecofood começou a funcionar em Maringá neste mês. São cerca de 30 estabelecimentos como padarias, restaurantes e docerias da cidade cadastrados. O lançamento oficial do aplicativo vai ocorrer no dia 7 de agosto em Maringá.

Disponível para Android e IOS, o Ecofood funciona como um mediador na relação entre estabelecimentos e consumidores. Os estabelecimentos cadastrados disponibilizam no aplicativo os vouchers dos alimentos que seriam descartados. Os consumidores compram os vouchers e vão até o local retirar o produto no horário marcado.

A ideia surgiu dos engenheiros civis, Rafael Moreno e Raphael Koyama, após perceberem o desperdício no restaurante e na petiscaria da família. “Imagine uma pessoa que fez um bolo artesanal ver aquilo na bancada, sem ninguém pegar. Ela perdeu parte do tempo dela e o alimento não serviu quem ia servir”, diz Koyama.

Segundo a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura, no Brasil a fome afeta 14 milhões de pessoas, mas o país desperdiça 22 bilhões de calorias, o que seria necessário para satisfazer as necessidades nutricionais de 11 milhões de pessoas. Apenas em Londrina, a estimativa é que o aplicativo tenha recuperado mais de 10 mil refeições que poderiam ter sido jogadas no lixo.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.