Rede de docerias Hachimitsu, de Londrina, vai inaugurar loja em Maringá nas próximas semanas

Por: - 4 de julho de 2019
A Hachimitsu aposta em doces que carregam traços da culinária japonesa / Divulgação

Com seis lojas em Londrina, a rede de docerias Hachimitsu Atelier de Delícias decidiu expandir os negócios e inaugura a primeira loja fora da cidade, em Maringá, no final de julho. A operação em Maringá vai ser maior que os estabelecimentos de Londrina e é o primeiro passo de expansão dos negócios da doceria. Outra loja também deve ser aberta em Curitiba no próximo ano.

Em Maringá, o endereço escolhido é com vista para o Parque do Ingá, na Avenida São Paulo, onde funcionava o restaurante Madeira Grill. Com forte ligação com o Japão, a Hachimitsu, que significa mel de abelha em português, comercializa mais de 300 produtos entre bolos, pães e tortas. No entanto, a principal aposta é a linha de doces, com mais de 40 opções.

Hachimitsu foi fundada em 2005 em Londrina, mas a história da loja começou muito tempo antes, por volta dos anos de 1990, no Japão. Foi nessa época que o casal Suely Kato e Nilo Kato, proprietário da rede de docerias, deixou o Brasil em busca de oportunidades de emprego do outro lado do mundo. Foi no Japão que Suely decidiu fazer um curso de confeitaria oriental e conheceu algumas técnicas da área. 

Os doces e bolos de Suely começaram a fazer sucesso entre os amigos e familiares e ela começou a receber encomendas da comunidade Nipo-brasileira no Japão. Após 15 anos na terra do sol nascente, o casal retornou para o Brasil e inaugurou a primeira loja em Londrina. O empreendimento que começou com espaço para cinco clientes e uma funcionária cresceu. Hoje, são seis lojas na cidade e mais de 100 funcionários.

Apesar da ligação com a cultura oriental, a rede de docerias não comercializa doces ou bolos típicos do Japão. No entanto, os produtos carregam o sabor e traços da cozinha japonesa. Os doces, por exemplo, não são tão doces e levam menos açúcar. O preço médio dos produtos da Hachimitsu é de R$ 15. 

O gerente da loja em Maringá, Mauro Une, disse acreditar que a Hachimitsu não deve enfrentar concorrência na cidade. Segundo ele, um dos motivos que trouxe a rede de docerias para Maringá é a percepção que existe espaço no mercado para esse tipo de negócio.

“Existem algumas confeitarias e padarias [em Maringá], mas a Hachimitsu entra forte nos doces, sorvetes, pães e outros produtos. É difícil encontrar uma loja que tenha tudo isso no mesmo lugar”.

A loja em Maringá terá espaço para 150 clientes e estacionamento com aproximadamente 40 vagas. Segundo o gerente, o ambiente segue a mesma estética das lojas de Londrina e todos os produtos comercializados serão produzidos em Maringá. Cerca de 30 funcionários foram contratados para trabalhar na loja e estão em fase de treinamento.

O gerente Mauro Une preferiu não falar sobre o valor investido para trazer a unidade da Hachimitsu para Maringá. A rede de docerias ainda não trabalha com modelo de franquia, as lojas funcionam em um sistema de parceria entre o proprietário e familiares ou amigos. No entanto, a Hachimitsu tem um consultoria interna que estuda a possibilidade de expandir os negócios da doceria por meio de franquias.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.