Brazil Conference at Harvard & MIT vai ter etapa em Maringá. Acadêmico da UEM foi selecionado por programa

Por: - 27 de fevereiro de 2019
Reunião na sede do Convention de Maringá / Divulgação

O Maringá e Região Convention & Visitors Bureau destacou nesta quarta-feira (27/2) o apoio à realização de uma etapa do Brazil Conference at Harvard & MIT, programa organizado anualmente pela comunidade estudantil brasileira de Harvard e pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) na cidade.

O objetivo da conferência é debater temas que envolvem o Brasil. O acadêmico do quinto ano de Medicina da Universidade Estadual de Maringá (UEM), Lucas Gremaschi, foi selecionado para fazer parte do programa que está na quarta edição e que vai ser realizado nos dias 5 e 6 de abril, em Boston, nos Estados Unidos. Ele é um dos embaixadores do evento.

Após a conferência em Harvard, vai ser realizado um evento em Maringá para discutir os temas abordados durante o Brazil Conference at Harvard & MIT.

De acordo com a superintendente executiva do Maringá CVB, Yara Linschoten, o evento vai trazer muita visibilidade para a cidade.

“Maringá vai estar diretamente ligada a esse evento internacional que é o Brazil Conference at Harvard & MIT, e isso vai nos colocar em um circuito de uma agenda internacional e vai gerar um impacto de mídia e visibilidade muito grande para a cidade”.

Segundo Lucas Gremaschi, a experiência vai além de projeção para carreira profissional. “É claro que o ganho pessoal é muito importante, mas vejo isso como uma oportunidade de poder fazer mais para minha cidade e pelo meu país”, afirma.

São selecionados para a conferência dez embaixadores, dois de cada região do país. A missão deles é multiplicar as questões de relevância pública de cada localidade, que vão ser analisadas e debatidas durante as reuniões. A previsão é que o evento vai ser realizado em Maringá até o final de julho.



Estudante de Química da UEM é morto em atentado em Maringá. Mais dois jovens ficaram feridos

O jovem estudante morreu na Rua Mandaguari esquina com a Rua Bragança, na zona 7.

Vítima do atentado em Maringá, professor Mima fazia Mestrado na UEM e dava aulas em cursinho de Apucarana

No Facebook, jovem se apresentava com a frase: "Eu tenho um sonho... Isso é tudo que preciso..."

Autor do ataque em pensionato de Maringá conhecia as vítimas e morava na casa há mais de um ano

O enterro da vítima será nesta segunda-feira (18/3), às 15h, no Cemitério Municipal de Conchas, no interior de São Paulo.

Prazo de inscrições para o concurso do Aeroporto de Maringá se encerra na quarta-feira

Os salários variam de R$ 1,49 mil, para auxiliar administrativo e auxiliar de operações aeroportuárias, a R$ 5,72 mil para engenheiro civil.

Agência do Trabalhador de Maringá abre 153 vagas. Tem dez para operador de caixa

Cargos com maior número vagas são de montador de estruturas metálicas, com 16, e soldador, com 11.

Estudante de Química da UEM é morto em atentado em Maringá. Mais dois jovens ficaram feridos

O jovem estudante morreu na Rua Mandaguari esquina com a Rua Bragança, na zona 7.

Vítima do atentado em Maringá, professor Mima fazia Mestrado na UEM e dava aulas em cursinho de Apucarana

No Facebook, jovem se apresentava com a frase: "Eu tenho um sonho... Isso é tudo que preciso..."

Autor do ataque em pensionato de Maringá conhecia as vítimas e morava na casa há mais de um ano

O enterro da vítima será nesta segunda-feira (18/3), às 15h, no Cemitério Municipal de Conchas, no interior de São Paulo.

Prazo de inscrições para o concurso do Aeroporto de Maringá se encerra na quarta-feira

Os salários variam de R$ 1,49 mil, para auxiliar administrativo e auxiliar de operações aeroportuárias, a R$ 5,72 mil para engenheiro civil.

Agência do Trabalhador de Maringá abre 153 vagas. Tem dez para operador de caixa

Cargos com maior número vagas são de montador de estruturas metálicas, com 16, e soldador, com 11.

Empregos em Maringá

Últimas vagas de Empregos

GUIAS