Em negociação milionária, laboratório São Camilo é 100% vendido para a maior empresa de medicina diagnóstica da América Latina

Por: - 20 de dezembro de 2018

Uma negociação milionária que vinha sendo desenvolvida há dois anos chegou ao final na tarde desta quarta-feira (21/12) em uma das salas da central do Laboratório São Camilo, na Rua Santos Dumont, em Maringá. No mesmo local onde tudo começou em 1972, 100% do laboratório fundado pelo filho de pioneiros e sócio majoritário, Léo Ruggeri, foi vendido para a gigante do setor, a Diagnósticos da América SA (Dasa).

Na manhã desta quinta-feira (20), os executivos da Dasa já estavam assumindo os trabalhos na central do São Camilo, informou o sócio-fundador do laboratório, o bioquímico Léo Ruggeri, que logo após se formar na Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) abriu a primeira unidade do laboratório “para trabalhar muito todos os dias e fazer o que mais gostava”. O São Camilo tinha seis sócios, entre os quais o Dr. João Pedro Piva.

O valor da transação não foi revelado. Léo Ruggeri disse que o sigilo faz parte das negociações e a Dasa informou que a aquisição será submetida à aprovação dos acionistas em assembleia geral. Questionado se o montante chega perto da casa de bilhão de reais, o sócio-fundador respondeu que “fica nos milhões mesmo”. Ele, conforme previsto no contrato, permanecerá trabalhando na empresa “para injetar otimismo no pessoal”.

O São Camilo tem aproximadamente 400 colaboradores, 50 profissionais, entre médicos, bioquímicos e biólogos. São 10 unidades de atendimento em Maringá e a atuação se estende a 17 Estados, com 300 laboratórios apoiados. Em 2010 criou uma estrutura de diagnóstico por imagem ao lado da matriz e a área de Anatomia Patológica e Citopatologia foi completamente reestruturada.

A Dasa emitiu comunicado na manhã desta quinta-feira informando que havia comprado 100% da empresa, incluindo o laboratório de anatomia patológica e citopatologia São Camilo, Ruggeri & Silva, Maringá Medicina Nuclear e a Aliança Biotecnologia. Léo Ruggeri contou que sua família chegou em Maringá em 1950 e que não imaginava chegar onde chegou, “mas minha proposta sempre foi essa”.

A Diagnóstico da América foi fundada em 1961 pelos bilionários brasileiros Edson de Godoy Bueno e sua ex-esposa Dulce Pugliese de Godoy Bueno, com sede em Barueri (SP). A Dasa é a maior empresa de medicina diagnóstica do Brasil e da América Latina. Tem mais de 2 mil médicos, 700 unidades de atendimento e faz mais de 5 mil tipos de exames. São realizados cerca de 250 milhões de exames por ano.

Conheça o plano de expansão do Maringá Post. Você pode dominar a mídia online da sua cidade. Saiba mais.