Sicredi União PR/SP faz investimento milionário na esquina das avenidas Paraná e Carneiro Leão. Lançamento da nova sede será este mês

Por: - 14 de setembro de 2018
Imóvel comprado pela Sicredi União PR/SP, visto pela Av. Paraná em foto de julho de 2017: agora está limpo

Os 4.174 m² na esquina das avenidas Paraná e Carneiro Leão, centro de Maringá, onde funcionava o Centro Comercial Ingá, dará lugar a um empreendimento com duas torres de oito pavimentos com cerca de 20 mil m² de área construída. A demolição do antigo prédio foi concluída esta semana. Veja aqui imagem da nova sede.

Ali passará a ser a sede da Cooperativa de Crédito, Poupança e Investimento, a Sicredi União Paraná/São Paulo, que comprou o terreno no ano passado. O valor da transação comercial não foi revelado, no entanto o Relatório Anual de 2017 da instituição sugere uma pista de investimentos em terrenos.

Na Nota 10 do documento, sob o título “Imobilizado de Uso e Intangível”,  consta que a Sicredi União PR/SP, em 2016 tinha R$ 7,772 milhões em terrenos e que, em 2017, passou a ter R$ 27,253 milhões. A diferença, de R$ 19,481 milhões, também incluiria a aquisição de terrenos em outras cidades.

Profissionais do mercado imobiliário consultados na manhã desta sexta-feira (14/9) com anos de atuação na cidade estimaram que “a pedida inicial naquela região gira entre R$ 3 mil e R$ 4 mil o metro quadrado, dependendo de uma série de fatores, mas há muita especulação”, resumiu um deles.

Vista do terreno da Sicredi União PR/SP a partir da Av. Carneiro Leão: limpeza foi concluída esta semana

A Sicredi União PR/SP fará o lançamento da pedra fundamental da obra no próximo dia 25, às 8h30. A reportagem apurou que o prazo para a conclusão do edifício gira em torno de 60 meses. O montante dos investimentos não foi revelado.

Como era a esquina, em vista a partir da Av. Carneiro Leão, em foto do Google Maps de julho de 2017

Em nota, a assessoria de imprensa da Sicredi União PR/SP informou que o novo prédio, além de abrigar a sede da cooperativa, será de uso da comunidade. No térreo haverá espaços destinados a coworking, startups, um café público e um auditório com capacidade para 450 pessoas.

O projeto leva a assinatura conjunta do arquiteto Edson Yabiku e de seu irmão, o engenheiro Wilson Yabiku, fundador da Construtora Design, de Maringá. Edson trabalhou por 25 anos, até recentemente, no escritório de Arquitetura Foster + Partners, em Londres.

Lá, Wilson foi responsável por projetos de prédios sustentáveis em várias partes do mundo, como Dubai, Abu Dabi, Japão, Cingapura e Xangai, e atualmente deu início à carreira solo. O projeto segue o conceito de sustentabilidade e preservação do meio ambiente.

O engenheiro destaca que o edifício será erguido dentro do conceito de ‘green building’ e que buscará a certificação Leed Platinum, que é o grau máximo da certificação sustentável concedida pela Organização não governamental americana U.S. Green Building Council (USGBC).

O edifício terá creche para crianças até dois anos, biblioteca, refeitório, área de descanso e espaço gourmet que pode se associar ao refeitório e se tornar um ambiente para até 300 pessoas. “Acreditamos que esse projeto será um marco para a história da arquitetura e engenharia em Maringá”, diz Wilson.

O projeto tem preocupação com a mobilidade urbana e reserva, no primeiro subsolo, um amplo estacionamento para bicicletas. Em anexo ao bicicletário, haverá vestiário feminino e masculino para que os usuários de bicicletas possam tomar um banho, trocar de roupa e ir para o trabalho.

Primeira atualização, com a inclusão do link para foto da nova sede, feita às 16h55 nesta segunda-feira (17/9).

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.