Na média, preços de sete supermercados variam 43% e aumento ante maio de 2017 passa de 21%. Confira a pesquisa do Procon de Maringá

Por: - 31 de agosto de 2018

Os preços praticados nos supermercados da cidade variam, na média, 43,74% e tiveram um aumento de 21,62% ante maio de 2017. As constatações são da pesquisa do Procon de Maringá com 125 itens de mercearia, higiene e limpeza, hortifrutigranjeiros e carnes, feita com sete estabelecimentos locais entre os dias 28 e 30 de agosto.

O produto com maior variação foi o Tempero Completo 30 g (mercearia), com 299,22%, com preço mínimo de R$ 1,29 e máximo de R$ 5,15 em estabelecimentos diferentes. A segunda maior diferença foi de Banana Caturra/Nanica (hortifrutigranjeiros), com  287,01%, com preços variando entre R$ 0,77 e R$ 2,98.

As carnes tiveram segunda maior variação total, de 43,29% entre os sete supermercados na pesquisa de agosto de 2018. Já em relação a pesquisa de maio de 2017, a queda foi de 5,01%. Na sequência, os itens de higiene e limpeza apontaram diferença de 39,49% entre os supermercados e um aumento médio de 86,58% em relação ao ano passado.

O Procon destaca que o menor preço pesquisado não faz diferenciação quanto a marca e reforça a importância em pesquisar antes de comprar, uma vez que existem variações de preços significativas. Foram pesquisados os supermercados Angeloni, Big, Bom Dia, Camilo, Cidade Canção, Condor e Muffato.

Confira a pesquisa completa

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.