Quais os bairros mais baratos para morar em Curitiba?

Por: - 7 de abril de 2018
Imagem: Pixabay

De maneira geral, as pessoas procuram imóveis em Curitiba para comprar nas regiões em que se estabeleceram desde a infância. Além de já estarem acostumadas a dinâmica dos bairros, existe também a vontade de morar próximo à família e aos lugares que já conhece. Esse comportamento é padrão nos moradores de Curitiba, mas isso tem mudado.

Devido ao alto custo dos imóveis de algumas regiões, muitos têm buscado oportunidades de moradia em bairros alternativos. Além de estarem em constante desenvolvimento, essas localidades também são uma ótima forma de investir pouco para lucrar no futuro.

Por isso, se você busca uma casa ou apartamento à venda em Curitiba para morar ou investir, convém dar uma olhada nas opções mais em conta. Preparamos esse post para mostrar a você quais os bairros mais baratos de Curitiba de acordo com o Instituto Paranaense de Pesquisa e Desenvolvimento do Mercado Imobiliário e Condominial (Inpespar) e como eles podem ser boas alternativas às regiões nobres da cidade.

Ficou curioso para conhecer quais são essas regiões? Fique atento ao post!

1. Campo do Santana

O bairro do Campo do Santana está localizado na região sul da capital paranaense e é considerado o mais barato da cidade.

Por fazer divisa com o município de Araucária, muitos trabalhadores da cidade escolhem o bairro para morar com a família e se estabelecer definitivamente.

Além dessa característica, o Campo do Santana também acolhe os trabalhadores das mais de 40 indústrias instaladas na região, o que também ajuda a valorizar o mercado de lotes, terrenos e galpões.

É também uma das regiões mais arborizadas da capital, com mais de 800 metros quadrados por habitante. Por conta do privilégio geográfico, muitas chácaras e sítios se instalaram por lá.

Embora esteja afastado do Centro da cidade cerca de 19 quilômetros, o Campo do Santana se estabelece como um bairro independente, com comércios e serviços próximos aos moradores.

2. Lindoia

A segunda posição do ranking de bairros mais baratos de Curitiba é ocupado pelo bairro Lindoia, muito próximo aos bairros Hauer e Fanny.

Além dos moradores da região, o Lindoia tem atraído muitas pessoas que vieram de outras cidades. Isso porque, além de ter imóveis com preço atrativo, o bairro contempla as facilidades e tem os bairros vizinhos como opção para trabalho e lazer.

As vias de acesso também são muito bem servidas de transporte público e um dos destaques da região é o complexo esportivo Eixo de Animação Wenceslau Braz, que oferece à população dezenas de quadras e espaços para a prática de exercícios e de esportes.

A região do Lindoia tem grandes ofertas de casas e terrenos, sendo também ótima opção para pequenas e grandes empresas que precisam economizar recursos para se estabelecer na cidade.

3. Ahú

O bairro do Ahú está localizado na região norte de Curitiba, muito próximo aos bairros nobres Cabral e Juvevê.

Extremamente bem servido de comércios e serviços mais variados, o Ahú tem crescido muito nos últimos anos, mas ainda abriga um pouco do ar interiorano.

Além de casas antigas e ruas arborizadas, a região também dispõe de diversos edifícios com centenas de apartamentos à venda, dos mais simples aos mais luxuosos.

O transporte público da região liga o Ahú a diversos pontos da cidade, sendo próximo a terminais de ônibus que passam, inclusive, pelas cidades da região metropolitana de Curitiba.

É no Ahú, também, onde está localizado o prédio da Justiça Federal do Paraná, o que atraiu para perto muitos trabalhadores da instituição.

Quem opta em viver no Ahú tem à mão postos de saúde, clínicas médicas, transporte de qualidade, escolas públicas e particulares e inúmeros outros serviços.

4. Tatuquara

O bairro Tatuquara está localizado no norte de Curitiba. Seu desenvolvimento é recente e começou na década de 1990, quando a prefeitura começou a construir conjuntos habitacionais na região.

Esse crescimento populacional atraiu comerciantes e investidores, que viram na região uma grande oportunidade de negócios.

Hoje, o Tatuquara conta com infraestrutura completa, com escolas, espaços comunitários para a prática de esportes, postos de saúde e creches.

É lá onde está localizada a maior reserva natural de Curitiba, a Reserva Parque do Bugio, que conta com muitas chácaras e sítios no entorno.

Um dos motivos que fazem as pessoas se mudarem para o Tatuquara é exatamente esse: bairro calmo, arborizado e com custo de vida acessível.

5. Bairro Alto

O Bairro Alto é a quinta região com imóveis mais baratos de Curitiba. Localizado no norte da cidade, a região tem grande oferta de espaços disponíveis e atrai novos moradores diariamente.

Além das propriedades residenciais, o investimento imobiliário no Bairro Alto pode acontecer por meio de pontos comerciais, prédios e galpões para empresas e indústrias.

Para aqueles que pretendem morar na região, é importante saber que a região é muito bem servida de apartamentos à venda em Curitiba direto com o proprietário.

Faz divisa com os bairros Tarumã, Atuba, Bacacheri e Jardim Social, sendo esse último um dos mais caros da cidade.

Os moradores da região têm fáceis acesso a hospitais, escolas particulares e públicas, bosques, parques e grande variedade de lojas e comércios.

Como ainda está em desenvolvimento, o Bairro Alto tem grande poder de valorização nos próximos anos, fazendo com que o investimento imobiliário seja certo e rentável.

Embora Curitiba tenha regiões com escassez de imóveis, é possível encontrar alternativas acessíveis, mas sem perder em qualidade de vida e infraestrutura.

Se você procura por casas à venda em Curitiba, convém dar uma olhada nos bairros listados acima para encontrar a melhor opção para você e para seu patrimônio. Além de serem bairros com imóveis mais baratos, essas regiões estão em constante crescimento urbano, o que garante uma vida mais tranquila e sem o caos do Centro da cidade.

Agora que você já sabe quais os bairros mais baratos para morar em Curitiba, por que não aproveita para compartilhar esse conteúdo nas suas redes sociais? Você pode ajudar sua família e seus amigos a encontrarem o imóvel que tanto sonham e no preço que se adapta a realidade de cada um.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.