Conheça a empresária maringaense Cida Xavier, que receberá o Prêmio Mulher Empreendedora da Fecomércio. Ela era bancária e decidiu não se casar

Por: - 20 de março de 2018
Empresária será homenageada em Matinhos nesta quarta-feira (20/3) (Imagem/Reprodução)

Há 18 anos, Cida Xavier deixou de ser bancária para ser dona do próprio negócio. Na época, ela morava em Umuarama, a 164 km de Maringá, e lá abriu a primeira franquia de uma escola de idiomas, da rede CNA, em sociedade com uma amiga.

Em 2004, a empresária decidiu ampliar os negócios e investiu em uma segunda escola, dessa vez em Maringá. Para ficar mais perto do empreendimento, ela resolveu mudar para a cidade.

“Saí do banco e queria ter algo por conta, aquele sonho de todo mundo, de ter um negócio próprio. Eu já fazia cursos de idiomas, lia revistas de negócios e participava de feiras de franquias. Na época estava em dúvida entre escola e agência de turismo. Entre as duas escolhi a escola por causa do respaldo do franqueador”, conta.

Com 61 anos, Cida será a 11º empresária maringaense homenageada com o Prêmio Mulher Empreendedora, do sistema Fecomércio Sesc Senac PR. A premiação ocorrerá entre os dias 21 e 23 de março no Hotel Sesc Caiobá, em Matinhos.

Assim como ela, outras 22 paranaenses foram indicadas pelas Câmaras da Mulher Empreendedora e Gestora de Negócios (CMEG) e serão premiadas como empresárias de destaque.

Cida Xavier também faz parte da diretoria da CMEG de Maringá. Ela conta que soube da homenagem pela presidente da Câmara e que ficou surpresa com o reconhecimento.

“Não imaginava, até porque faço parte da diretoria e achei que não pudesse ganhar porque ajudo na Câmara. Mas o prêmio é para uma empresária de destaque e as pessoas que me citaram me conhecem como batalhadora.”

A empresária não esconde a gratidão e a alegria por ter o trabalho reconhecido. Segundo ela, além das homenagens e da programação protocolar, o evento também é uma forma de lazer para todas as empreendedoras.

“A gente trabalha tanto, o dia a dia é tão corrido que não temos tempo de pensar nas coisas positivas. Fico feliz com o reconhecimento do público que conhece minha escola. É um trabalho de longos anos que esta sendo reconhecido”, afirma.

Cida Xavier decidiu não se casar e não teve filhos. Ela conta que leva uma “vida simples”, chega em casa no final do dia e não tem nenhuma obrigação familiar. Porém, a empresária reconhece o trabalho duro das mulheres que cuidam da família, da casa e dos negócios ao mesmo tempo.

“Nós mulheres temos grandes possibilidades de crescer como empresárias, cidadãs e contribuir para uma sociedade melhor. A cada dia fico surpresa, mães de alunos que não sei da vida particular, mas descubro que são batalhadoras, empreendedoras e estão se superando, porque no Brasil é bem assim.”

Câmara da Mulher valoriza empreendedoras

A presidente da Câmara da Mulher Empreendedora e Gestora de Negócios de Maringá, Ana Lucia Megda, explica que acompanha durante todo ano as empresárias, analisando cada empreendimento, para escolher a ganhadora da premiação.

De acordo com ela, a Fecomércio pode premiar empreendedoras que são destaque no comércio, serviço ou turismo.

“Dessa vez a gente escolheu uma escola de idiomas, que temos visto se destacar em Maringá. Devido ao sucesso da escola, escolhemos a Cida Xavier para o prêmio. Além disso, o perfil dela é de uma baita empreendedora e uma pessoa muito atuante”, afirma.

Ana Lucia diz que a CMEG promove encontros com empreendedoras, para gerar negócios  e promover as marcas e produtos, para que os investidores conheçam. Além disso, a Fecomércio também oferece palestras e cursos profissionalizantes.

“O nosso foco é valorizar a empreendedora. Estamos com um projeto novo de pegar aquela pequena empreendedora que está precisando de ajuda. A gente vai na empresa e ajudamos na capacitação, para que no futuro ela possa ser uma empreendedora de sucesso e receber um prêmio como esse também”, diz.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.