Faturamento da Companhia Sulamericana de Distribuição atinge R$ 2 bilhões. Grupo CSD, com sede em Maringá, abriu primeiro ‘atacarejo’

Por: - 16 de março de 2018
Stock Atacadista, inaugurada em janeiro, em Araçatuba-SP / Facebook Stock Atacadista

A Companhia Sulamericana de Distribuição (CSD), que surgiu da fusão dos supermercados Cidade Canção e São Francisco, atingiu R$ 2 bilhões de receita bruta em 2017. O valor é 6,9% superior ao registrado em 2016, quando o grupo CSD faturou R$ 1,87 bilhão.

Os números fazem parte das demonstrações do resultado consolidado, divulgado esta semana pela empresa em jornais. Embora tenha faturado mais, o grupo CSD teve um aumento nas despesas operacionais e administrativas de 7,8%.

A explicação apresentada no relatório de administração é que o aumento das despesas tem relação com a nova proposta de “melhor atendimento ao cliente e, ainda com a abertura de suas lojas aos domingos e feriados na região do Paraná”.

O lucro bruto, resultado da receita bruta menos o custo das mercadorias vendidas (não inclui despesas operacionais das lojas), cresceu 7,4%. Foram R$ 548,8 milhões em 2017, contra R$ 535 milhões, em 2016. A margem ficou em 27,3%, em 2017, 1,3% menor do que no ano anterior.

O resultado é uma combinação de “alta competitividade e pressão da deflação sobre os preços dos alimentos, mais especificamente commodities e hortifrutigranjeiros.”

Em relação ao lucro líquido de 2017, foram R$ 16,4 milhões, a serem distribuídos entre 314.016 ações. O resultado é R$ 50 por ação, contra R$ 60 contabilizados em 2016.

O grupo CSD tem 49 lojas distribuídas nos estados de São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul e seis mil funcionários. A Companhia está entre os vinte primeiros Supermercados do Brasil com maior faturamento e é o 3°colocado no estado do Paraná.

Foram abertas três novas lojas em 2017, uma delas em Maringá, onde foram abertas mais de cem vagas de trabalho.

Em janeiro de 2018, o grupo CSD entrou no modelo de Crash & Carry (atacarejo), com a inauguração da primeira loja da bandeira Stock Atacadista, em Araçatuba, interior do estado de São Paulo.

Em 2013, grupo CSD faturou R$ 1 bilhão

O resultado de R$ 2 bilhões é o dobro do registrado em 2013, quando o grupo faturou R$ 1 bilhão. No ano seguinte, o grupo CSD investiu na compra da rede Amigão, com dez lojas na região centro-oeste de São Paulo. A rede tinha receita bruta anual de R$ 400 milhões e 1,7 mil funcionários.

A Companhia Sulamericana de Distribuição foi criada em janeiro de 2010 com a fusão das redes de Supermercado São Francisco (fundado em 1982) e a rede de Supermercados Cidade Canção (fundado em 1977), marca que a rede adotou no Paraná.

O ideal de crescimento atraiu investimentos. Em setembro de 2010, o fundo private equity Actis, sediado na Inglaterra, investiu R$ 100 milhões e adquiriu 33% das ações da Companhia.

Grupo CSD demonstra confiança em 2018

No relatório de administração do grupo CSD, publicado juntamente às demonstrações do resultado consolidado, a Companhia acredita na recuperação da economia.

“O ano de 2018 será pautado pela retomada da confiança do consumidor e o crescimento dos postos de trabalho, que contribuirá para o melhor desempenho do consumo dos brasileiros e das famílias atendidas pelo CSD.”

No comunicado, o grupo agradece colaboração de funcionários, fornecedores, parceiros e acionistas pelo ano de 2017. E a mensagem é continuar com “entusiamo e confiança para que possamos alcançar de forma objetiva as metas traçadas para o ano de 2018.”

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.