Valor médio das diárias dos hotéis em Maringá cai 7% em 2017. Taxa de ocupação no ano passado foi de 56,83%

Por: - 5 de fevereiro de 2018
Hall de entrada do Hotel Deville, um dos mais tradicionais de Maringá / Divulgação Deville

A taxa de ocupação dos hotéis de Maringá fechou 2017 em 56,83%, oito pontos porcentuais acima do registrado em 2016, e a diária média cobrada pelos meios de hospedagem ficou em R$ 156,59. As informações são do Observatório do Turismo e Eventos, núcleo de pesquisas do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau.

A pesquisa considerou estabelecimentos enquadrados nas categorias Luxo, Turística e Econômica. O estudo revelou que no ano passado, se hospedar em Maringá ficou 7% mais barato que em 2016, quando a diária média anual cobrada ficou em R$ 168,28.

O mês com maior taxa de ocupação em 2017 foi julho, com 62,92% dos leitos utilizados. No mês, a cidade recebeu eventos importantes para o fluxo de visitantes, como o Vestibular de Inverno da Universidade Estadual de Maringá (UEM), realizado de 22 a 24, com a participação de 7.419 candidatos de outras cidades.

No mesmo mês, Maringá foi sede do 21° Interclubes Paranaense de Classes, competição do calendário da Federação Paranaense de Tênis (FPT), disputada entre os dias 27 e 30. O evento contou com a adesão de 1.200 tenistas, que formaram 436 equipes e representaram 39 clubes de 17 cidades do Paraná.

O primeiro vice-presidente do Maringá Convention, Alysson Thomasi, ressalta que o desempenho da rede hoteleira mostra o potencial da cidade como destino de eventos universitários e esportivos.

“O vestibular sempre faz com que a taxa de ocupação tenha um aumento expressivo. O mesmo ocorre quando grandes competições escolhem Maringá como destino. É nessa vocação que o trade turístico tem que investir cada vez mais”, frisa.

Julho foi o mês com o melhor desempenho dos hotéis

Em julho, de acordo com o Observatório do Turismo e Eventos, com base no Imposto Sobre Serviço (ISS), o faturamento da rede hoteleira foi de R$ 6,080 milhões.

O número equivale a 51,9% do total faturado pelos serviços ligados ao setor de turismo e eventos no mês. No sétimo mês de 2017, os mais de 50 segmentos turísticos faturaram, juntos, R$ 11,703 milhões.

A estimativa do Observatório do Turismo e Eventos é que, atualmente, Maringá tenha aproximadamente 4.100 leitos.

O projeto é patrocinado pela Viapar e tem, ainda, apoio do Sindicato dos Lojistas do Comércio Varejista de Maringá e Região (Sivamar), Conselho de Desenvolvimento Econômico de Maringá (Codem), Associação Comercial e Empresarial de Maringá (Acim), Cooper Card e Sebrae.

As informações sobre o setor de Turismo e Eventos estão disponibilizados gratuitamente no site do Observatório.

 

Conheça o plano de expansão do Maringá Post. Você pode dominar a mídia online da sua cidade. Saiba mais.