Menos paranaenses irão presentear no Dia das Crianças, indica pesquisa

Por: - 28 de setembro de 2017
Resultado da sondagem feita pela Fecomércio do Paraná com consumidores sobre o valor dos presentes / Fecomércio-PR

Menos paranaenses irão comprar presentes para o Dia das Crianças, em 2017, segundo sondagem da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio-PR). A pesquisa indica que 57,6% dos consumidores presentearão uma ou mais crianças. No ano passado, eram 62% os paranaenses dispostos a agradar as crianças e, em 2014, a intenção de compras chegou a 82%.

Segundo a Fecomércio-PR, o que poderá compensar a perda de consumidores, é o aumento do tíquete médio detectado na pesquisa. Em 2017, as compras que antecedem o dia 12 de outubro terão valor médio de R$ 79,53 no Paraná. No ano passado, o valor médio do tíquete de compras foi de R$ 75.

Em relação ao tipo de presente que será buscado nas próximas semana, os brinquedos estão no topo da lista. Para a alegria das crianças, os brinquedos são a preferência de 55% dos entrevistados. Sapatos e roupas apareceram com 25% e eletrônicos como tablets, celulares e videogames representam 8% das intenções de compra.

Resultado da sondagem da Fecomércio do Paraná sobre qual será o tipo do presente das crianças / Fecomércio-PR

Há, ainda, quem irá optar por presentear a criança com dinheiro (3%), para a mesma administrar e comprar o que preferir. Os indecisos somam 9%.

Crianças não irão participar da escolha

A sondagem da Fecomércio-PR também detectou que a maioria dos entrevistados irá fazer as compras sozinho, sem a companhia das crianças. A opção é uma estratégia para evitar gastos além do planejado e aqueles pedidos ‘irresistíveis’ dos pequenos dentro das lojas.

Segundo a pesquisa, em 78,4% dos casos, os próprios adultos escolherão o que comprar, sem deixar a decisão por conta dos homenageados da data.

Compras à vista, em dinheiro e em lojas de rua

Os paranaenses querem evitar mais dívidas. Segundo a pesquisa, 48% dos consumidores pretendem pagar pelo presente à vista e em dinheiro. Outros 20% dizem que o pagamento será no vencimento do cartão de crédito e 16% no cartão de débito.

Há, ainda, 16% que informaram a intenção de parcelar a compra no cartão de crédito e 1% ainda não decidiu qual será a forma de pagamento.

O comércio de rua será o local preferido para as compras, sendo que 33% dos consumidores pretendem comprar em lojas no centro da cidade e 28% em lojas de bairro.

Os que preferem fazer suas compras em shoppings representam 23%. Já os que planejam comprar pela internet somam 10%. Outros 3% devem optar pelo comércio informal e 1% fará a compra do presente em hipermercados. (Com informações da assessoria de imprensa da Fecomércio-PR)

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.