Comissão de Segurança da Alep cobra reajuste a servidores do Paraná

Por: - 8 de abril de 2019

Os deputados estaduais que integram a Comissão de Segurança da Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP) assinaram um requerimento dirigido ao Governo do Estado em que solicitam o pagamento de reajuste a servidores do Paraná.

Tecnicamente, eles pedem a suspensão dos efeitos do dispositivo da Lei nº 18.907/2016, que cancelou por tempo indeterminado o pagamento da data-base dos servidores públicos.

No documento, eles alegam que a defasagem salarial “está inquietando nossos quartéis, departamento e institutos”, referindo-se aos servidores das Polícias Militar, Civil e Científica e do sistema penitenciário.

“Os servidores estaduais, incluindo os das forças de segurança, já fizeram o sacrifício em favor do equilíbrio fiscal do Estado e não cabe mais, três anos depois, ainda serem submetidos a esta situação”, afirmou o deputado Delegado Recalcatti (PSD).

No requerimento, os parlamentares relataram que a defasagem salarial atinge hoje 16,36%. “Salientamos que os servidores dos poderes Legislativo e Judiciário, Ministério Público e Tribunal de Contas já receberam todos estes reajustes integralmente”, anotaram.

Além de Delegado Recalcatti, vice-presidente da Comissão de Segurança, assinaram o documento os deputados estaduais Coronel Lee (PSL), Soldado Adriano José (PV), Delegado Fernando (PSL), Delegado Jacovós (PR) e Subtenente Everton (PSL).

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.