Vereadores recuam e retiram multa de projeto que obriga a cantar os hinos

Por: - 21 de junho de 2018

Na segunda discussão sobre o projeto de lei que obriga a cantar os hinos a Maringá e Nacional nas escolas da cidade, os vereadores recuaram e decidiram eliminar a multa que poderia ser aplicada às instituições de ensino.

Ao projeto substitutivo, aprovado em primeira discussão, foram incluídas três emendas. Uma supressiva, que elimina a multa para quem viesse a desrespeitar a norma.

Uma segunda emenda, modificativa, amplia o intervalo de 15 dias para 30 dias para a execução dos hinos. E uma terceira, também modificativa, que permite que os hinos sejam executados tanto de forma integral como parcial. Na proposta original, os hinos teriam de ser entoados integralmente.

O projeto, juntamente com as emendas, foi aprovado em segunda discussão pelo plenário da Câmara Municipal. A proposta volta a ser votada na terça-feira (26/6), quando será aprovada a redação final.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.