Ex-vereadores de Doutor Camargo são condenados por uso irregular de diárias

Por: - 4 de maio de 2018

O juiz da 3ª Vara Criminal de Maringá, Joaquim Pereira Alves, condenou quatro ex-vereadores de Doutor Camargo por peculato.

O desvio de recursos se deu com o uso irregular de diárias entre janeiro de 1999 e dezembro de 2000.

A apuração inicial partiu da Câmara Municipal, que instaurou Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) em junho de 2003.

A denúncia do Ministério Público foi protocolada em 2004 e, agora, os quatro ex-vereadores foram condenados em primeira instância.

Antônio Requena e Joaquim Vitor Silva foram condenados a cumprir pena em regime aberto. Eles deverão prestar serviços à comunidade e terão de cumprir com prestação pecuniária a ser avaliada em audiência.

Júlio Maria Figueiredo e Wagner Alan Nocchi foram condenados a cinco anos e vinte dias de reclusão em regime semiaberto.

Como a decisão é de primeira instância, os quatro condenados poderão recorrer ao Tribunal de Justiça do Estado do Paraná.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.