Veja dicas de como montar arranjos florais e para aumentar a durabilidade das flores em casa

Por: - 16 de fevereiro de 2020

Para o lançamento de uma nova coleção de produtos de cuidados para a pele com extrato de flores, O Boticário reuniu um time de influenciadoras digitais de moda e beleza na quarta-feira (12/2), para uma Oficina de Arranjos Florais.

A nova linha Cuide-se Bem Beijinho remete ao “Beijinho” do beija-flor: o pássaro mais apaixonado no mundo pelas flores.

O Boticário convidou a florista Laís Gazola, do Afflora Ateliê, para ministrar a oficina em Maringá, com conteúdo prático-teórico de como escolher as espécies, técnicas de montagem e até de manutenção do arranjo.

As influenciadoras convidadas colocaram em prática o aprendizado e criaram arranjos de flores na paleta de cores da linha, que traz o rosa e amarelo em destaque.

Confira abaixo algumas das dicas da florista Laís Gazola para criar um arranjo multicolorido e desconstruído com “hastes cruzadas”, que combina diversas espécies em uma única composição.

Local: Definir o local onde o arranjo será colocado para saber em quais ângulos ele será visto, se será um arranjo para o centro de mesa com visão de 360 graus, por exemplo, ou se será posicionado em um canto, com uma área menor de exposição.

Espécies: Para criar um arranjo equilibrado o ideal é compor com ao menos uma flor de cada tipo: folhagens (criar a base do arranjo, ex: eucalipto), flores multidirecionais (para dar volume, ex: astromélia), flores redondas (para preencher buracos, ex: cravo), flores espigadas (dar altura, ex: boca-de-leão), flores aéreas (elementos que dão movimento, ex: limonium).

Preparação: Fazer a limpeza das hastes, removendo as folhinhas que ficarão em contato com a água para evitar que contaminem a água, reduzam a durabilidade do arranjo e evitam o mal cheiro. Cortar as hastes na altura desejada sempre no sentido diagonal, para criar uma maior área de absorção de água em cada haste.

Montagem: Começar a montagem do arranjo sempre pelas folhagens, dessa forma é possível criar uma base verde e depois ir encaixando as hastes de flores para criar uma combinação harmônica.

Manutenção: Fazer a manutenção do arranjo diariamente ou a cada dois dias é imprescindível para manter sua durabilidade e beleza por mais tempo: trocar a água e lavar o recipiente para evitar a proliferação de bactérias; cortar um pedacinho da haste na diagonal para renovar a área de sucção de água e melhorar a hidratação; manter o arranjo em local fresco e longe do sol; retirar flores/folhas que murchem ou caiam na água.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.