Semana Tupiniquim Cineflix exibe curtas e longas brasileiros no Maringá Park

Por: - 20 de novembro de 2019
Cineflix do Maringá Park Shopping / Divulgação

Começa nesta quinta-feira (21/11) e segue até quarta-feira (27/11) a 4ª edição da Semana Tupiniquim Cineflix, iniciativa especial da rede para evidenciar os últimos lançamentos do cinema brasileiro.

Neste ano, além de sete longas-metragens que já entraram em circuito, a novidade é a exibição de onze curtas-metragens recentes e de caráter independente que serão projetados antes dos longas.

As exibições acontecem na unidade da Cineflis do Maringá Park Shopping. Para Juliano Tortelli, diretor de marketing da Cineflix, a ideia da Semana Tupiniquim é celebrar a inegável qualidade artística do cinema nacional, independente do formato.

“É impressionante a expressiva quantidade de curtas-metragens bons sendo lançados no país, e penso que essa conjugação com os longas é uma maneira de dar visibilidade a este mercado de curtas-metragens brasileiros, que geralmente fica restrito ao contexto de festivais e dificilmente atinge o grande público”, explica.

Segundo Tortelli, foram inscritos mais de 100 curtas-metragens, entre ficções, documentários, animações e vídeos experimentais.

A seleção com os onze contemplados foi definida por uma comissão de avaliação, que chegou ao seguinte resultado:

  • “8 Patas”, de Fabricio Rabachim, Gabriel Barbosa e Pietro Nicolodi (SP)
  • “Bicho do Mato”, de Juliana Sanson (PR)
  • “Calça Jeans”, de Adriano Gomez (SP)
  • “Escola Sem Sentido”, de Thiago Foresti (DF)
  • “Hornzz”, de Lena Franzz (RJ)
  • “Invasão Drag”, de Rafael Ribeiro (RJ)
  • “Minha Querida Ansiedade”, de Paulo Ernesto (SP)
  • “Mood”, de Raquel Freire (SP)
  • “Onze Minutos”, de Hilda Pontes Lopes (BA)
  • “A Sombra Interior”, de Diego Tafarel (RS)
  • “O Véu de Amani”, de Renata Diniz (DF)

Quanto aos longas-metragens, a Semana Tupiniquim Cineflix optou em mesclar produções de caráter popular com filmes de distribuição restrita nos cinemas, como “Domingo”, de Fellipe Barbosa e Clara Linhart e “A Cidade dos Piratas”, animação de Otto Guerra.

Completam a seleção os longas “Eu Sinto Muito”, de Cristiano Vieira; “Ela Disse, Ele Disse”, de Cláudia Castro, “Maria do Caritó”, de João Paulo Jabur, “Os Parças 2”, de Cris D’Amato e “Vai que Cola 2 – O Começo”, de César Rodrigues.

Para acompanhar a programação completa da 4ª Semana Tupiniquim Cineflix, acesse aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.