9º Festival de Bonecos de Maringá tem programação gratuita de 5 a 11 de agosto. Confira a agenda completa

Por: - 2 de agosto de 2019
A 9ª edição do Festival de Bonecos de Maringá (Festebom) vai acontecer entre os dias 5 e 11 de agosto / Cary Bertazzoni/PMM

A 9ª edição do Festival de Bonecos de Maringá (Festebom) vai acontecer entre os dias 5 e 11 de agosto, com apresentações gratuitas de grupos de Maringá, Curitiba, São Paulo, Rio Claro e Caxias do Sul. O objetivo é fomentar a cultura do teatro de bonecos na cidade. Neste ano, o evento vai homenagear o bonequeiro maringaense e idealizador do festival, Sandro Maranho. 

“Com diversos grupos de grande performance, o público de Maringá vai poder se deleitar com uma variedade de linguagens na forma de fazer teatro de bonecos, porque existem várias formas. O festival tem o objetivo de promover uma relação de intercâmbio”, explica Maranho.

As primeiras edições do festival foram realizadas pela Associação Arte Boa Oficina e Teatro de Bonecos, por meio da Lei de Incentivo à Cultura do município. Após três edições, em 2009, o Festival de Bonecos de Maringá entrou para o calendário oficial do município, por meio da Lei nº 8.328, e atualmente, é realizado pela Prefeitura de Maringá por meio da Secretaria de Cultura (Semuc), com a curadoria da associação. 

Todas as edições do Festival de Bonecos de Maringá homenageiam algum artista. Neste ano, o homenageado vai ser o próprio idealizador do evento, Sandro Maranho. “Estou lisonjeado e me emociono ao falar disso, porque esse é o máximo do reconhecimento do município e da categoria bonequeira em relação ao meu trabalho”, ressalta Maranho.

Neste ano, o Festival de Bonecos de Maringá vai homenagear o bonequeiro maringaense e idealizador do evento, Sandro Maranho / Arquivo Pessoal

O espetáculo “Chuva de Contos”, da Companhia Fantokids, vai ser realizado no dia 5 de agosto na Casa de Cultura do Jardim Alvorada, com duas apresentações: às 9h e às 10h. E também no dia 6, no Asilo São Vicente de Paulo, às 10h.

O espetáculo traz histórias contadas pela personagem Cotinha que, de forma lúdica, poética e bem-humorada, conduz os espectadores para uma viagem ao mundo da imaginação, onde os bonecos e objetos tomam vida e se transformam em personagens fantásticos. 

Também no dia 5 de agosto, segunda-feira, a Companhia Me Vi Te Querendo, de São Paulo/SP, vai apresentar o espetáculo “Zero” no Teatro Barracão, às 9h e às 14h. Zero é um lugar estranho onde tudo “quase” existe e nada é verdadeiro. Manivelas fazem o sol e a lua e um único botão é capaz de acender um céu de estrelas. Seu habitante mais ilustre é Z, que para afastar o tédio passa os dias lendo memórias alheias. 

O Grupo Anamá vai apresentar o espetáculo “Eu Existo” no Teatro Reviver, no dia 5 de agosto, às 20h, e no dia 8 no Teatro Barracão, às 9h e às 14h. A apresentação fala sobre um menino em situação de rua que luta pela sobrevivência. No lixo, ele encontra um objeto inesperado que o guia para uma grande aventura.

O espetáculo “Brincadeiras de Boi”, do Grupo Pau de Fita, vai ser realizado no dia 6 de agosto no Teatro Reviver, às 9h e às 14h, e no dia 11, no Parque do Ingá, às 10h. O espetáculo conta a história de um casal de trabalhadores de uma fazenda. A esposa engravida e tem o desejo incontrolável de comer a língua do boi de estimação da dona da fazenda. O marido, então, dá um jeito de atender a vontade da mulher grávida, até que a patroa nota a falta do animal.

A Companhia Manipulando vai fazer três apresentações do espetáculo “Te Conto Meus Contos e Outros Contos”. No dia 6 de agosto, vai ser no Teatro Universitário de Maringá (TUM), da UEM, às 9h e às 14h. No dia 7 de agosto, a apresentação vai ser na Biblioteca Palmeiras, às 14h. O contador de histórias Danilo Furlan vai contar histórias que ele mesmo escreveu e outras que ele gosta.

O espetáculo “O Sapateiro Ambulante Contador de Histórias”, da Companhia Mão Dupla, vai acontecer no dia 6 de agosto, no Teatro Barracão. Vão ser três apresentações: às 9h, às 14h e às 20h. O espetáculo conta a história de um sapateiro que vive de consertar e engraxar sapatos nos lugares mais diversos. De maneira lúdica e divertida, ele faz dos sapatos os personagens, que compõem o enredo da história.

A Companhia Daiane, de Rio Claro/SP, vai apresentar o espetáculo “Naifs” no dia 7 de agosto, na Feira do Produtor do Estádio Willie Davids. As apresentações vão acontecer às 17h e às 19h. Com a união de diversas manifestações culturais, o espetáculo “Naifs” narra o cotidiano de uma senhora embalado pelo som de um músico inventor. 

Também no dia 7 de agosto, a Companhia Nazareno, de Caxias do Sul/RS, vai apresentar o espetáculo “Imagineco” no Teatro Barracão, às 17h e às 19h. “Imagineco” é um show de mágicas com o Boneco Nanetta Pipetta, o “Mr. Name”. O espetáculo conta com números de ilusionismo, desaparição, levitação e muitas brincadeiras. 

O espetáculo “E Se”, da Companhia Tato, de Curitiba, vai ser realizado no dia 8 de agosto, no Teatro Reviver, com duas sessões, às 14h e às 20h. Brincadeiras com a voz constroem a paisagem sonora e dão vida aos personagens ao espetáculo, que acontece na rua de um centro urbano, ponto de encontros e desencontros. 

No dia 9 de agosto, a Companhia Girolê, também de Curitiba, vai apresentar o espetáculo “Histórias de Marias”, no CEU das Artes de Iguatemi, às 9h e às 14h. A apresentação conta a história das três Marias e o que as leva até cidades onde tudo parece estar caindo no esquecimento. 

A Companhia Tipos e Caras vai apresentar o espetáculo “A Grande Viagem” no Teatro Reviver nos dias 9 e 10 de agosto. No dia 9, a apresentação vai ser às 20h, e no dia 10, às 14h e novamente às 20h. O espetáculo resgata valores, despertando o indivíduo para pequenos gestos do cotidiano como a gentileza, o respeito aos mais velhos, a maneira simples de ser e o jeito de se relacionar com os semelhantes. 

A última atração da nona edição do Festival de Bonecos de Maringá vai ser o espetáculo “Menino Coragem”, da Companhia Articularte, de São Paulo/SP, no dia 11 de agosto, no Teatro Calil Haddad. Vão ser duas apresentações: às 14h e às 20h. O espetáculo conta a história de um menino e sua irmã que se perdem da família e vivem aventuras inusitadas e perigosas. Com muita coragem, eles são obrigados a cruzar uma floresta escura com seres surreais.

Programação

  • Companhia Fantokids – “Chuva de Contos”

5 de agosto: Casa de Cultura do Jardim Alvorada, 9h e 10h

6 de agosto: Asilo São Vicente de Paulo, 10h

 

  • Companhia Me Vi Te Querendo – “Zero”

5 de agosto: Teatro Barracão, 9h e 14h

 

  • Grupo Anamá – “Eu Existo”

5 de agosto: Teatro Reviver, 20h

8 de agosto: Teatro Barracão, 9h e 14h

 

  • Grupo Pau de Fita – “Brincadeiras de Boi”

6 de agosto: Teatro Reviver, 9h e 14h

11 de agosto: Parque do Ingá, 10h

 

  • Companhia Manipulando – “Te Conto Meus Contos e Outros Contos”

6 de agosto: Teatro Universitário de Maringá (TUM) da UEM, 9h e 14h

7 de agosto: Biblioteca Palmeiras, 14h

 

  • Companhia Mão Dupla –  “O Sapateiro Ambulante Contador de Histórias”

6 de agosto: Teatro Barracão, 9h, 14h e 20h

 

  • Companhia Daiane – “Naifs”

7 de agosto:  Feira do Produtor do Estádio Willie Davids, 17h e 19h

 

  • Companhia Nazareno – “Imagineco” 

7 de agosto: Teatro Barracão, 17h e 19h

 

  • Companhia Tato –  “E Se”

8 de agosto: Teatro Reviver, 14h e 20h

 

  • Companhia Girolê – “Histórias de Marias”

9 de agosto: CEU das Artes de Iguatemi, 9h e 14h

 

  • Companhia Tipos e Caras – “A Grande Viagem” 

9 de agosto: Teatro Reviver, 20h

10 de agosto: Teatro Reviver, 14h e 20h

 

  •  Companhia Articularte – “Menino Coragem”

11 de agosto: Teatro Calil Haddad, 14h e 20h

 

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.