Escritor maringaense Gilmar Santos lança livro de poesias na Flim: “Hoje o mar está calmo”

Por: - 23 de novembro de 2018
Gilmar Santos levou quase dois anos para escrever livro com 52 poemas (Imagem/Arquivo pessoal)

Além de trazer nomes nacionais, a Festa Literária Internacional de Maringá (Flim) também abre espaço para autores regionais. Neste sábado (24/11), às  20h30, na Base de Lançamentos da Flim, o escritor maringaense Gilmar Leal Santos lança o seu quinto livro, “Hoje o mar está calmo”, com 52 poemas.

Ele disse que não se baseou em nenhum tema específico para a produção. “Não tem inspiração, mas muito trabalho duro. Os poemas não tem entrelaçamento, falam sobre vida, tempo, passagem do tempo e coisas que acontecem ao nosso redor”, disse o empresário que levou quase dois anos para concluir a obra.

Gilmar Santos contou que durante o período de produção leu bastante, desde livros americanos a clássicos da literatura brasileira, como Manuel Bandeira, por quem já declarou ter uma conexão muito forte com a obra. Segundo ele, a leitura é essencial: “Se você não lê, você não escreve”.

Para ele, “o poema nunca está pronto”. Enquanto escrevia “Hoje o mar está calmo”, Santos sempre estava modificando e alterando os textos, o que ele reconhece ter dificultado o trabalho do editor.

“O trabalho no poema é constante, as vezes a ideia saí de uma frase, alguma coisa que li no jornal, vi em um filme ou uma imagem poética. Daí, começo a escrever e não sei onde vai parar. Esse trabalho, geralmente, é feito por volta da meia-noite”, afirmou.

O livro do poeta é produzido pela editora HMC, tem cerca de 150 páginas e ilustrações dos artistas plásticos maringaenses Cris Agostinho e Paolo Ridolfi. Além dos poemas em português, “Hoje o mar está calmo” tem dois poemas em inglês.

No ano passado, Gilmar lançou a tradução da obra “The Waste Land”, de T. S. Eliot. A versão traduzida é “A Terra Árida”, que contém material sobre o contexto da obra e também foi ilustrado por Paolo Ridolfi. A Festa Literária de Maringá termina neste domingo (25/11), confira a programação completa da Flim.

Para o próximo ano, ele disse que não deve conseguir fazer um livro, mas pretende lançar uma versão com a tradução de alguns poemas da língua inglesa.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.