Orquestra Sinfônica do Paraná se apresenta nesta segunda no Teatro Calil Haddad, com entrada franca. Começa às 20h30

Por: - 23 de julho de 2018

A Orquestra Sinfônica do Paraná (OSP) se apresenta no Teatro Calil Haddad de Maringá nesta segunda-feira (23), a partir das 20h30. O concerto terá entrada franca e será regido pelo maestro convidado Marcos Arakaki e contará com cinco obras:

  • Ruslan e Ludmila, de Mikhail Glinka,
  • Batuque, de Alberto Nepomuceno,
  • Dança Eslava Nº 8, de Antonín Dvórak,
  • Abertura do Festival Acadêmico, de Brahms,
  • e Sinfonia Nº 8, de Beethoven.

A orquestra foi criada em maio de 1985 na gestão do então governador José Richa, o primeiro a ser eleito pelo voto direto após a ditadura militar. O primeiro maestro titular foi Alceo Bocchino, um dos grandes nomes da música erudita no Brasil. Torno-se o Maestro Emérito da OSP.

Na época, Osvaldo Colarusso foi escolhido para integrar a orquestra como maestro assistente, além de 61 músicos selecionados por meio de concurso nacional. Com a aposentadoria de Bocchino, Roberto Duarte assumiu o cargo de maestro titular em 1999.

No currículo da OSP, já constam mais de 500 apresentações dentro e fora do Paraná, com montagens de importantes óperas, balés, primeiras audições mundiais, sulamericanas e brasileiras.

Nas atuações com o Ballet Teatro Guaira, destacam-se as montagens do ballet “Quebra-Nozes”, de Tchaikovsky, e “Romeu e Julieta”, de Prokofiev, além da participação nas óperas “Carmen”, de Bizet, “Viúva Alegre”, de Lehar e “La Bohème”, de Puccini, entre outras obras.

A apresentação da orquestra está inserida na programação especial do projeto ′Convite á Música′ , realizado pela Prefeitura de Maringá por meio da secretaria da Cultura. Os ingressos serão entregues com uma hora de antecedência na bilheteria do teatro Avenida Luís Teixeira Mendes, 2500 – Zona 05, de acordo com a lotação.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.