Hiran Mora Castilho, fundador do Hospital Santa Rita, em 1960, recebe o título de Cidadão Benemérito de Maringá

Por: - 10 de março de 2018

O médico Hiran Mora Castilho, que irá completar 87 anos neste domingo (11/3), recebeu o título de Cidadão Benemérito de Maringá. A honraria foi entregue ao pioneiro e fundador do Hospital Santa Rita em sessão solene da Câmara Municipal, no Giardino Eventos.

A homenagem foi proposta pelo atual prefeito Ulisses Maia (PDT), enquanto era vereador na Legislatura (2013-2016). Maia foi quem entregou o título ao homenageado, na sessão presidida pelo vice-presidente da Câmara, Mário Verri (PT).

No evento, Doutor Hiran, como é mais conhecido, lembrou de desafios enfrentados na época de estudante. “Eram poucas faculdades no Brasil e todas distantes de onde morávamos.” Ele também relembrou da decisão de mudar para Maringá, em 1959, quando ao lado da irmã e médica Iorfinda Mora, iniciaram a construção do Hospital Santa Rita.

O terreno havia sido adquirido pelo pai no início de 1955 da Companhia Melhoramentos Norte do Paraná. Em 1960, eles conseguiram inaugurar a primeira ala do hospital com 15 quartos e dois apartamentos.

Muito emocionado com mais uma homenagem, Doutor Hiran destacou a importância de se enfrentar desafios, ter fé e esperança no futuro.

“Vejam a cidade que Maringá se tornou com o trabalho de todos.” Ele dividiu a homenagem com os novos médicos, destacou que eles irão enfrentar desafios e ressaltou que o mais importante é não esquecer a missão de auxiliar aos necessitados.

O prefeito Ulisses Maia ressaltou a alegria de poder entregar o título a uma pessoa que tanto contribuiu para o crescimento e desenvolvimento da área de saúde de Maringá. “Tive a alegria de propor a lei como vereador e agora poder entregar o título como prefeito de Maringá. Doutor Hiran é um exemplo de dedicação e compromisso que deve ser seguido.”

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, destacou a dedicação do homenageado ao trabalho e sua contribuição como pioneiro para que Maringá se tornasse a cidade que é hoje. Ele ressaltou ainda a contribuição do Hospital Santa Rita, tanto no atendimento da população como na formação de novos médicos.

Um pouco da história de Hiran Mora Castilho

Hiran Mora Castilho nasceu em 11 de março de 1931, em Ipaussu-SP. É filho de Pedro Mora Fernandes e Encarnação Castilho Mansano, espanhóis que se conheceram no Brasil, casaram e tiveram doze filhos.

Doutor Hiran concluiu a graduação em Medicina em 1957, pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) e especializou-se em ortopedia em 1958, no Hospital das Clínicas de São Paulo. No ano seguinte, mudou-se para Maringá, onde alugou uma sala junto com a irmã, na Avenida Brasil e começou a trabalhar. No ano seguinte, eles inauguraram os primeiros quartos do Hospital Santa Rita.

Em 1959, Doutor Hiran se casou com Édna Alencar. Eles tiveram três filhos. Hiran Alencar Mora Castilho, formado em direito e administrador, Maria Alice Castilho dos Reis, advogada e Maria Cristina Castilho Schnorr, administradora.

Doutor Hiran exerceu a medicina por mais de 50 anos, o que lhe rendeu, no ano passado, uma homenagem do Conselho Regional de Medicina. A honraria só é concedida a médicos que atuam por mais de 50 anos, sem o registro de qualquer infração ética.

Além do Hospital Santa Rita, Doutor Hiran foi um dos fundadores da Unimed de Maringá, em 1988 e da Paraná Assistência Médica (PAM), em 1990. Hiran Mora Castilho também participou da diretoria da Associação Comercial e Empresarial de Maringá (Acim) por vários anos e foi membro do Rotary Centro Maringá.

Ele também foi criador do primeiro curso de enfermagem de Maringá e fez parte da comissão que deu início ao funcionamento do Hospital Universitário de Maringá, além de ter ajudado a viabilizar a abertura do curso de Medicina da Universidade Estadual de Maringá (UEM).

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.