Maringá Post
Maringa Póst - Independente, sempre.

Atirador de elite salva criança de 2 anos feita refém pelo pai em farmácia

Compartilhar

O homem, que estava armado com um revólver, foi baleado na mão por um atirador de elite e se rendeu.


Compartilhar
Compartilhar

Foto: Reprodução

Uma criança de 2 anos foi libertada pela Polícia Militar (PM) depois de ser feita refém pelo próprio pai em uma farmácia de Fortaleza, no Ceará, na noite de domingo (25). O homem, que estava armado com um revólver, foi baleado na mão por um atirador de elite e se rendeu.

O caso começou com uma briga entre o pai e a mãe da menina, por volta das 18h, na casa onde moravam, perto da farmácia. A mãe fugiu com a filha, mas foi alcançada pelo pai, que pegou a criança e atirou três vezes contra a mulher.

A mãe foi socorrida em estado grave pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O pai entrou na farmácia com a filha e ameaçou matá-la. A PM chegou ao local e tentou negociar com o suspeito, mas ele não aceitou soltar a criança.

Foi então que um atirador de elite do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) acertou a mão do homem, fazendo com que ele soltasse a arma. A criança foi resgatada sem ferimentos e o pai foi preso e levado para um hospital sob escolta.


Compartilhar

Comentários estão fechados.