Cascavel entra em epidemia de dengue após morte e aumento de casos

Compartilhar

Foto: Rogério Capela/PMC

A cidade de Cascavel, no oeste do Paraná, decretou epidemia de dengue na quarta-feira (22), depois de registrar a morte de uma mulher de 29 anos e um aumento de 200% nos casos da doença. Segundo o Boletim Epidemiológico, a cidade passou de 500 para mais de 1,5 mil casos confirmados em uma semana. O decreto foi enviado ao Governo do Paraná.

Para combater a epidemia, a Secretaria de Saúde intensificou as ações de limpeza, orientação e fiscalização na cidade. Os moradores que não eliminarem os possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, poderão ser multados pelos agentes de endemias. A multa pode ser aplicada tanto para pessoas físicas como jurídicas.

O secretário de saúde, Miroslau Bailak, disse que a multa é uma medida necessária, pois a situação é grave e séria. Ele pediu a colaboração da população para evitar a proliferação do mosquito.

A dengue é uma doença que pode causar febre alta, dor de cabeça, fraqueza, dores no corpo, nas articulações e no fundo dos olhos. Alguns pacientes podem ter também manchas na pele, perda de apetite, náuseas e vômitos. Os sintomas podem aparecer em até 15 dias após a picada do mosquito infectado.


Compartilhar

Autor

Notícias Relacionadas