Curitiba registra dois casos de febre oropouche em 2024

Compartilhar

 Foto: Reprodução/Scott Bauer/Agricultural Research Service

A Secretaria Municipal da Saúde informou, nesta terça-feira (20), que dois moradores de Curitiba foram infectados pela febre oropouche em 2024. Eles estavam em Manaus e retornaram para a capital do Paraná no começo de janeiro. A doença tem alarmado as autoridades do Amazonas, onde a Secretaria Estadual da Saúde confirmou 1.134 casos da doença em 2024.

Segundo a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), a febre oropouche é uma doença infecciosa aguda, provocada pelo vírus de mesmo nome. É um arbovírus que provoca sintomas semelhantes aos da dengue.

Nos dois casos de Curitiba, confirmados em 6 e 8 de janeiro, os pacientes apresentaram quadros leves, com boa recuperação.

O vírus oropouche contamina os seres humanos principalmente pela picada do mosquito Culicoides paraensi, que não é encontrado por aqui. Mas a secretária Beatriz Battistella alerta que a transmissão pode ocorrer também pelo Aedes aegypti.

“A febre oropouche é uma realidade do Norte do país e um dos mosquitos principais é o Aedes”, disse em audiência na Câmara Municipal.

Até o momento, não há notícia sobre outros casos da doença no Paraná.


Compartilhar

Autor

Notícias Relacionadas