Universidade Virtual leva graduação e especializações a milhares de paranaenses

Universidade Virtual
Compartilhar

O Governo do Estado desembolsou em 2023 recursos da ordem de R$ 3,5 milhões para fortalecer e ampliar as atividades de ensino ofertado na modalidade de Ensino a Distância (EaD) pela Universidade Virtual do Paraná (UVPR)

Os recursos são do Fundo Paraná de fomento científico e tecnológico, dotação administrada pela Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), e foram aplicados na modernização da infraestrutura dos núcleos de educação a distância das sete universidades estaduais do Paraná.

A iniciativa contemplou a reforma e adequação de estúdios e a aquisição de equipamentos de áudio e vídeo e de licenças de softwares para a produção e edição de materiais didáticos utilizados em cursos e módulos de ensino. O objetivo é melhorar a qualidade de produção de conteúdos pedagógicos e assegurar o aprendizado efetivo de estudantes de graduação e pós-graduação, matriculados nos diferentes cursos, e projetos desenvolvidos pelas instituições estaduais de ensino superior.

O canal da UVPR na plataforma de compartilhamento de vídeos no YouTube obteve, em 2023, mais de 51 mil visualizações e um tempo de exibição total superior a 13 mil horas, com um alcance de mais de 4 mil usuários. Ao todo, foram 40 mil visualizações em transmissões ao vivo de eventos online, incluindo projetos governamentais, a exemplo do lançamento da Consulta Pública sobre a Política de Ciência, Tecnologia e Inovação do Paraná.

A coordenadora da UVPR, professora Maria Aparecida Crissi Knuppel, destaca a importância das ações de ensino online. “O ensino online contribui para a democratização do acesso à educação, pois possibilita que pessoas de diferentes regiões e condições sociais tenham acesso à educação com flexibilidade, ideal para quem precisa conciliar as atividades de estudo com o trabalho”, afirma.

PROJETOS

Ao longo deste ano, a plataforma digital da UVPR foi utilizada em diferentes cursos de pós-graduação lato sensu. Na lista está o curso de especialização em Gestão de Ambientes de Aprendizagem, no âmbito do Programa de Desenvolvimento Educacional (PDE) da Secretaria de Estado da Educação do Paraná (Seed), que reuniu mais de dois mil professores da rede estadual de ensino; e o curso de especialização em Educação Digital para 900 professores dos anos iniciais do Ensino Fundamental, em parceria com a Universidade Aberta do Brasil (UAB).

O ambiente virtual de aprendizagem da UVPR também é adotado em cursos de especialização de programas de Residência Técnica (Restec), como Inovação, Transformação Digital e E-Gov, da Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro), e Gestão Cultural, da Universidade Estadual do Paraná (Unespar). Esses dois cursos de pós-graduação reúnem 383 alunos, entre residentes e servidores públicos.

Em 2024, em parceria com a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social e Família (Sedef), começam as atividades da primeira turma do curso de especialização em Medidas Socioeducativas, para 890 alunos.

Na modalidade de graduação, a UVPR oferece um curso de tecnologia em Gestão Pública. Com recursos da ordem de R$ 300 mil do Fundo Paraná, essa graduação é ofertada em rede, envolvendo as universidades estaduais de Londrina (UEL), Maringá (UEM), Ponta Grossa (UEPG), do Oeste do Paraná (Unioeste), do Centro-Oeste (Unicentro) e do Norte do Paraná (UENP).

A UVPR também auxilia órgãos do governo que demandam projetos de aperfeiçoamento profissional. É o caso da Controladoria Geral do Estado (CGE), que disponibiliza uma série de cursos de curta duração para o desenvolvimento profissional. A Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), ligada à Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab), oferece um curso online na plataforma da UVPR para servidores, com enfoque em liderança, resultados, relacionamento interpessoal, trabalho em equipe, entre outros temas.

UNIVERSIDADE ABERTA

O governo está comprometido com políticas voltadas para a educação digital em rede, por meio de cursos superiores na modalidade EAD, ações de educação híbrida e projetos de educação digital. A ideia é implantar, a partir da experiência da UVPR, a Universidade Aberta do Paraná, e contribuir para o desenvolvimento econômico, social e cultural da população.

AEN

Foto: SETI


Compartilhar