Cliente processa Burger King por Whopper menor do que o anunciado

Compartilhar

 Foto: Reprodução/Twitter

O Burger King não conseguiu arquivar uma ação judicial que acusa a rede de fast-food de enganar os clientes sobre o tamanho do seu sanduíche Whopper. Um juiz federal de Miami, Roy Altman, decidiu que o Burger King terá que responder à alegação de que as imagens do sanduíche nos cardápios das lojas são falsas e induzem os consumidores a erro, o que configura uma violação de contrato.

Os clientes que entraram com a ação coletiva afirmaram que o Burger King mostra hambúrgueres com ingredientes que “sobram do pão”, dando a impressão de que os sanduíches são 35% maiores e têm mais que o dobro da carne do que os que são servidos.

O Burger King, que faz parte da Restaurant Brands International, alegou que não tem a obrigação de entregar hambúrgueres que sejam “idênticos à imagem”, mas o juiz disse que cabe aos jurados “nos dizer o que as pessoas pensam”. Na decisão divulgada na sexta-feira, Altman também autorizou os clientes a prosseguirem com as acusações baseadas em negligência e enriquecimento ilícito.

Ele descartou as reclamações baseadas em anúncios de TV e online, pois não encontrou nenhum em que o Burger King prometesse um “tamanho” de hambúrguer ou peso de carne e não cumprisse. A empresa e seus advogados não comentaram o caso nesta terça-feira. O advogado dos autores também não estava disponível para comentar. As tentativas anteriores de chegar a um acordo não deram certo.


Compartilhar