Ministério da Saúde lança o Plano de Enfrentamento das Mortalidades Materno e Infantil

Nesta quarta-feira (23) o Ministério da Saúde lançou o Plano de Enfrentamento das Mortalidades Materno e Infantil. A intenção é renovar a Rede de Atenção Materna e Infantil (Rami), para aumentar o atendimento de mães e crianças pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

A reestruturação da Rami, segundo o Ministério, irá garantir atendimento, assistência para o planejamento familiar e para o nascimento do bebê. O financiamento anual voltado para a saúde da mulher e da criança será reforçado, totalizando então em R$ 1,5 bilhão. Também fazem parte do plano o fortalecimento das maternidades e a criação do AGAR (Ambulatório de Gestação de Alto Risco).

A inclusão da Casa da Gestante Bebê e Puérpera (CGBP) em MABs porte II e III também é prevista pelo plano. O CPN (Centro de Parto Normal) conta com a introdução do médico obstetra, para que o atendimento da gestante e do bebê seja ainda mais seguro.

Informações da Agência Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.