Padre que promoveu aglomerações na pandemia é retirado de paróquia

padre que promoveu aglomerações

O padre Dirceu Sabino, que respondia pela Paróquia Santo Antonio, de Ubiratã, acaba de ser afastado do cargo por decisão da Diocese de Campo Mourão por desobediência às instâncias superiores e por promover aglomerações no momento mais crítico da pandemia da covid-19. Por outro lado, um grupo de fieis vem apoiando, nas redes sociais, o padre que promoveu aglomerações e gerou alertas da própria comunidade.

O afastamento do vigário paroquial foi informado à comunidade católica de Ubiratã por meio de uma carta assinada pelo bispo dom Bruno Versari, da Diocese de Campo Mourão, publicada na página e nas redes sociais da paróquia.

Na comunicação o bispo cita que foi alertado por pessoas da comunidade que o padre vinha promovendo aglomerações no período em que havia restrição por conta do agravamento da pandemia. Na época, dom Bruno conversou pessoalmente com o padre Dirceu Sabino, alertando-o que era preciso evitar encontros e aglomerações que colocam as pessoas em risco de contaminação pelo coronavírus.

Em fevereiro de 2021, o bispo foi a Ubiratã e em uma reunião, desta vez na presença de testemunhas, entregou ao padre uma carta recordando que ele não havia cumprido o compromisso assumido. “Alertei das reclamações que tinha ouvido e pedi para observar com cuidado esses fatos”.

Na carta, a Diocese informava ao vigário paroquial que seu trabalho na paróquia se encerraria em 31 de dezembro de 2021.

Em uma reunião com os padres da Diocese, em novembro, ficou decidido que o padre Dirceu entraria em férias em janeiro, com liberdade para encontrar um amigo padre que o acolha para trabalhar juntos. O bispo também sugeriu que o padre faça um acompanhamento terapêutico em razão do desgaste emocional que está vivendo.

Alguns fieis fizeram um abaixo-assinado em apoio ao padre Dirceu Sabino, mas outros membros da comunidade consideram que, ao promover aglomerações quando as autoridades sanitárias alertavam para o perigo de contaminação, o padre agiu de forma irresponsável. Além disso, respeito à hierarquia é tradição na igreja católica.

Apontado por uns como o padre que promoveu aglomerações em um momento indevido, Dirceu Sabino vem recebendo apoio de outros feis nas redes sociais, que chegam a dizer que ele está sendo punido somente por “gostar de rezar”,

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *