Quem não tomar a segunda dose da vacina contra a covid-19 pode ser multado

Por: - 1 de julho de 2021
segunda dose
Imagem meramente olustrativa

Mais da metade das pessoas que receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19 em Paranavaí não compareceu para a segunda dose na data agendada e, caso essas pessoas não procurem um posto de vacinação ou apresentem justificativa médica, podem ser multadas e ainda ter limitado o acesso a benefícios em órgãos públicos.

De acordo com um projeto que já foi lido na sessão da Câmara de Vereadores, deve ser multado em R$ 1 mil quem deixar de receber a segunda dose da vacina. Se houver aprovação da proposta pelos vereadores, a medida entra em vigor ainda em julho, no auge da vacinação contra o coronavírus.

O projeto é do Poder Executivo e já tem apoio de vários vereadores, que alegam estarem sendo negligentes os que ignoram a necessidade da segunda dose do imunizante.

Será considerado infrator quem, sem motivo médico justo, deixar de receber todas as doses recomendadas nos prazos previamente estabelecidos.

“Se a pessoa tomou a primeira dose, automaticamente já está reservada sua segunda dose, ou seja, temos vacina parada e milhares de pessoas precisando receber a primeira dose”, afirmou o prefeito Carlos Henrique Rossato Gomes, mais conhecido como Delegado Kiq, que pretende com a criação da obrigatoriedade da segunda dose levar o maior número possível de pessoas a completar a imunização.

“Com isso, esperamos contribuir para a redução dos contágios pelo coronavírus e, consequentemente, redução também das mortes”, diz.

O projeto já foi lido na Câmara e deverá ser votado nas próximas sessões.

- Quer receber as notícias no seu WhatsApp? Clique aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.