Sarandi investiga incidente que pode levar à perda de mais de 1,6 mil doses de vacina

28 de junho de 2021
perda de mais de 1,6 mil doses de vacina
A UBS Rio de Janeiro é um dos pontos de vacinação nesta terça-feira

A 15ª. Regional de Saúde, com sede em Maringá, deve responder até quarta-feira se as doses de vacina que estavam em uma câmara fria da Unidade Básica de Saúde (UBS) Rio de Janeiro, em Sarandi, que foi encontrada na manhã desta segunda-feira com a porta aberta, sofreram alguma alteração ou se estão em perfeitas condições de uso. Há preocupação com a possível perda de mais de 1,6 mil doses de vacinas.

A primeira versão sobre o incidente falava sobre uma possível queda na energia elétrica, depois chegou-se à conclusão que não houve falta de eletricidade na região e mesmo que houvesse não seria suficiente para alterar a temperatura no interior de um freezer fechado.

A Secretaria Municipal de Saúde informou não saber ainda o que aconteceu para que a porta estivesse aberta e nem desde quando encontrava-se assim. Mas, imediatamente foram adotadas todas as medidas necessárias, como a lavratura de um Boletim de Ocorrência e a comunicação à Regional de Saúde, instância regional da Secretaria Estadual de Saúde.

As doses foram encaminhadas para a Regional para verificação.

Segundo a Secretaria de Saúde, eram 610 doses de vacinas contra a covid-19, 440 de vacinas para gripe e 597 doses de vacinas diversas, algumas delas destinadas a prevenção de doenças da infância, num total de 1.647 doses.

As vacinas que se encontravam na câmara que amanheceu com a porta aberta foram separadas e encaminhadas para a ‘15ª. Regional e uma investigação foi aberta para apurar o que aconteceu e quem seria o responsável. O incidente não atrapalhou em nada o andamento dos trabalhos na UBS Rio de Janeiro, que nesta segunda-feira continuou atendendo normalmente.