Polícia apreende adolescente suspeito de orientar ataques a escolas

Por: - 4 de junho de 2021
Adolescente apreendido
Imagem ilustrativa Fábio Dias/PCPR

Um adolescente foi apreendido quarta-feira em Palmas suspeito de estar orientando ataques a escolas e ensinando outros adolescentes como matar a própria mãe. Seu ídolo seria outro adolescente que há dois anos matou nove pessoas em uma escola na cidade de Suzano, no Estado São Paulo.

A Polícia Civil do Paraná, que fez a captura, contou com a orientação da Homeland Security Investigations, que encaminhou relatório às autoridades paranaenses por meio da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil.

A Homeland Security Investigations, que é um Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos, descobriu a movimentação do garoto paranaense na internet há algum tempo e passou a monitorar suas atividades, informando as autoridades brasileiras por meio da embaixada amedricana no País.

Além da apreensão do garoto, os policiais recolheram materiais em sua residência, como computador, celular e equipamentos de armazenamento.

Na delegacia, o adolescente disse que era um líder e que era procurado por pessoas que queriam saber como executar alguma tarefa, como, por exemplo, atacar escolas.

Em uma das conversas, o jovem estaria dando instruções a outro adolescente sobre como matar a própria mãe.

Entre os materiais recolhidos na casa, o menino guardava fotos impressas do autor do massacre de Suzano, em São Paulo, ocorrido em uma escola no dia 13 de março de 2019. Na ocasião, nove pessoas foram mortas.

- Quer receber as notícias no seu WhatsApp? Clique aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.