Suspeito de tentar seduzir crianças, conselheiro tutelar é afastado pela Justiça

3 de junho de 2021
abuso infantil
Imagem meramente ilustrativa Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Um conselheiro tutelar que atuava em Mariluz, na região de Campo Mourão, foi afastado da função por determinação da Justiça da Comarca de Goioerê por tentar seduzir crianças, principalmente meninas e pré-adolescentes por meio das redes sociais na internet.

Segundo a denúncia do Ministério Público, o rapaz de 28 anos usava perfis falsos para se aproximar das meninas. Em um dos casos, ele conseguiu fotos íntimas de uma garota de 13 anos e passou a chantageá-la, ameaçando mandar as fotos para conhecidos da família da vítima.

Nesse caso, a vítima revelou as ameaças aos pais, que procuraram a polícia. A estratégia usada levou à identificação do criminoso. Desde então, a polícia trabalha na tentativa de descobrir se o conselheiro tutelar de Mariluz tentou seduzir outras crianças.

Sabe-se já que em outro caso ele teria tentado se aproximar de uma criança de 5 anos, dizendo-se representante de uma agência de modelos.

Os processos correm em segredo de Justiça, mas a qualquer momento pode ser pedida a prisão do rapaz.