É FAKE que polícia prendeu falso enfermeiro no hospital onde Bolsonaro estava internado

A notícia sobre um falso enfermeiro que teria sido preso quando estava no mesmo andar em que o presidente Bolsonaro esteve internado, em São Paulo, foi desmetida pela polícia, pelo hospital e pelas agências de checagem

Por: - 19 de julho de 2021
falso enfermeiro
Essa imagem, na realidade, é de um hospital do Amazonas feita há mais de um ano

Mensagem falsa que está circulando nas redes sociais diz que filiado ao PC do B foi encontrado por seguranças perto do quarto onde presidente estava. Mas, a própria Polícia Civil se adiantou para desmentir e diz que se trata de um boato, nenhum falso enfermeiro foi preso no local; hospital Vila Nova Star, também. Nome citado não aparece em lista de filiados do partido. Além disso, foto usada é de homem preso em Manaus em abril.

As fake news que circulam na internet nos últimos dois ou três anos quase sempre têm a mesma origem. Desta vez, junto com o noticiário sobre a internação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em um hospital em São Paulo para atendimento de problemas relacionados aos intestinos, circula nas redes sociais uma mensagem que diz que um falso enfermeiro filiado ao PC do B foi preso no hospital Vila Nova Star, em São Paulo, no mesmo andar em que o presidente foi internado. Uma foto de um homem algemado e de jaleco dentro de uma unidade de saúde acompanha o texto. É tudo #FAKE.

Procurada, a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo diz: “O Departamento de Polícia Judiciária da Capital informa que não procede tal informação”. Nenhuma ocorrência com essas características foi feita na Polícia Civil, afirma.

O Hospital Vila Nova Star, da Rede D’Or, também afirma que “a informação que circula não procede”.

O nome do homem citado na mensagem é “Joilton Batista Silverio”. Uma busca na internet, porém, só mostra um resultado envolvendo esse nome: o boato viral disseminado agora.

Além disso, ele não aparece na lista de filiados do PC do B, que pode ser consultada no site do TSE.

De acordo com os institutos que fizeram a checagem da notícia, a foto usada na mensagem falsa é de um homem preso em Manaus (AM) em abril. Ele foi flagrado com documentos falsos e medicamentos no bolso dentro do Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo. Vestindo um jaleco branco, ele se passou por técnico de enfermagem da unidade.

Portanto, nenhum falso enfermeiro foi preso no hospital em que o presidente esteve internado. É falsa a notícia que tanto alegrou àqueles que gostam de um boato, fatos que circulam sem origem, só para falar mal da imprensa, afirmando que a grande imporensa, a Globo, principalmente, esconde notícias.

- Quer receber as notícias no seu WhatsApp? Clique aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.