Freddy Rincón, ex-jogador do Palmeiras e Corinthians morre aos 55 anos

Imagem: redes sociais

Freddy Rincón, ex-jogador colombiano, faleceu na madrugada desta quinta-feira (14), quando ainda era noite de quarta-feira (13), na cidade de Cali, Colombia.

O carro que Rincón dirigia foi atingido por um ônibus na madrugada de segunda-feira (11). O ex-meia do Palmeiras e Corinthians teve traumatismo craniano, passou por cirurgia mas não resistiu.

Uma coletiva de imprensa foi realizada na clínica onde o ex-jogador estava internado, para dar a confirmação de falecimento ao público. Clique AQUI para ver a nota soltada pela clínica no Twitter.

Freddy Rincón

Freddy Eusébio Gustavo Rincón Valencia nasceu na Colômbia, em 14 de agosto de 1966, na cidade de Buenaventura. Ele iniciou seu caminho no futebol como jogador do Atlético Buenaventura, na década de 80.

Em 1990, fez história marcando um gol contra a Alemanha na Copa do Mundo na Itália, conquistando, pela primeira vez, uma vaga nas oitavas de final para a Colômbia.

Em 1994 Rincón ingressou no Palmeiras, e ganhou destque no título paulista daquele junto de nomes como Roberto Carlos, César Sampaio, Zinho, Edílson, Edmundo e Evair. Ao todo, ele fez 76 jogos e 22 gols em nome do time.

Entre 2006 e 2011 Freddy Rincón foi treinador do São Bento, São José, Iraty e Flamengo-SP. Nessa mesma época também trabalhou como técnico das categorias de base do Corinthians e Atlético-MG.

Em sua terra natal, pela seleção da Colômbia, Rincón marcou 17 gols em mais de 80 partidas, e participou de três Copas do Mundo, nos anos de 1990, 1994 e 1998.

Rincón no selo da Copa do Mundo de 1994

Freddy Rincón deixa dois filhos, Sebástian Rincón, que joga profissionalmente pelo time argentino Barracas, e Fredy Hernandez.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.