Em entrevista para o blog da Betway, jogador da NBA valoriza idade mais avançada no basquete

Fonte: Unsplash

 

A idade é um assunto polêmico no mundo esportivo, principalmente quando envolve competições de alto nível. Esse é o caso da NBA, o maior torneio de basquete do mundo, onde poucos jogadores acima dos 30 anos conseguem espaço nas equipes. Atualmente no Indiana Pacers, o ala-armador Lance Stephenson comentou sobre isso em uma entrevista realizada no ano passado. O atleta norte-americano valorizou a experiência em quadra, e garantiu que está em bom momento físico com 31 anos e mais de 10 anos de carreira.

 

Com muita história nas quadras, Stephenson é profissional desde 2010, quando foi selecionado pelo Indiana Pacers no Draft. Ele ficou na equipe por quatro anos, onde foi duas vezes vice-campeão da Conferência Leste. Na temporada de 2014, ele conseguiu uma média de 35,3 pontos por jogo e acabou virando ídolo da torcida. Entretanto, nos anos seguintes, acabou passando por seis equipes diferentes na NBA. Algo que trouxe muita experiência em quadra.

 

Atualmente, com 31 anos, Lance retornou para os Pacers em busca de realizar o antigo sonho de ser campeão nos Estados Unidos. Na conversa com a equipe da Betway, site de apostas na NBA, o ala-armador comentou sobre essa complicada missão. “A minha motivação é ser o melhor jogador que posso ser. Claro que também quero ajudar os jogadores mais jovens, e ganhar um anel de campeão. Antes de me aposentar, como eu quero um anel da NBA”, afirmou o jogador norte-americano.

 

Esse objetivo quase ficou pelo caminho quando ele foi jogar na China, na temporada 2019-2020. Ele aceitou o desafio de atuar pelo Liaoning Flying Leopards, e muitos pensavam que esse seria o fim da carreira do atleta. Porém, para surpresa de alguns críticos, o resultado foi positivo. Além de ser campeão nacional por lá, ele também encerrou o ano com uma média de 26,7 pontos por jogo e com o prêmio de MVP no East Asian Terrific 12. Isso chamou a atenção da G-League, uma espécie de segunda divisão da NBA.

Idade ajuda em quadra

 

Lance Stephenson retornou para os Estados Unidos como um veterano, e isso foi exaltado por ele na conversa para o blog Betway Insider. Ele garante que não se sente velho, com 31 anos, e que está com o corpo ótimo. O objetivo é atuar por mais dois anos, e ajudar o Indiana Pacers nas próximas temporadas. Algo que não será fácil, mas que pode dar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.