Categoria de base do Maringá FC valoriza parceria com escolinhas

Por: - 12 de junho de 2021
Escolinhas fornecerão valores como Pedro Moretti
Pedro Moretti, de 18 anos, é um dos destaques da equipe, já que integrou o time principal em 2021 Foto: Rodrigo Araújo / MFC
A pré-temporada do sub-19 começa nesta segunda-feira no novo Centro de Formação de Atletas com o clube buscando novos valores nas várias escolinhas de futebol da região

 

Depois de um ano e dois meses sem atividades por causa da pandemia de covid-19, a categoria de base do Maringá Futebol Clube volta aos treinos nesta segunda-feira, 14. Com a possibilidade de aproveitamento de atletas advindos das escolinhas de futebol da região, o início da pré-temporada da equipe sub-19 está marcado para as 9 horas no novo Centro de Formação de atletas Maringá FC, na Avenida Rebouças, 328, na região conhecida como Sanbra.

O retorno das atividades dos “Meninos do Ingá” marca também a reformulação na metodologia de trabalho na base do Tricolor maringaense. A partir de agora, o clube não terá apenas uma equipe da região como parceiro e fornecedor de atletas, da forma que ocorria anteriormente. Agora, o clube já possui quatro parceiros oficiais e está aberto para todas as escolinhas e equipes da região que tenham o interesse em fazer parte do MFC, cedendo atletas para a disputa de competições importantes, federadas e de alto desempenho, estaduais e nacionais. Além de gerar a oportunidade ao jovem em se tornar jogador profissional.

“Um dos nossos objetivos é tornar o Maringá FC um grande formador e também fornecedor de atletas para grandes equipes do futebol nacional e mundial, e óbvio que também para nossa equipe principal, como já está ocorrendo nos últimos anos. Vemos em nossa região um potencial muito grande para revelar talentos, mas ainda com pouca oportunidade de mercado, por isso mudamos nossa forma de trabalhar e a partir de agora, queremos ter o maior número de parceiros possíveis, sem criar concorrência, gerando mais oportunidade tanto para os atletas, quanto para escolas de futebol de nossa região”, explicou o presidente do clube, João Vitor Mazzer.

Jovens vindos das escolinhas terão orientação de Cláudio Alexandre, o Claudinho
Auxiliar técnico da equipe principal, Claudio Alexandre, o Claudinho, será o treinador da equipe sub-19 Foto: Rodrigo Araújo / MFC

Para iniciar o trabalho em 2021, o clube já conta com parcerias firmadas com as escolas Atlético Maringaense, JP 10, Arena PSI e Projeto MT. Ainda segundo o presidente, o clube quer tornar o Maringá FC uma espécie de seleção da região.

“Não vamos criar concorrência com as escolas da região, pois os atletas cedidos, que farão parte do Maringá Futebol Clube, vão disputar apenas competições federadas, que escolas não podem disputar. Já as ligas municipais e regionais, que também temos a intenção de jogar, até para valorizar as competições, teremos uma equipe formada por atletas não cedidos pelas escolas. Então seremos uma espécie de seleção regional, e as escolas, os clubes que cedem seus atletas para competições que eles não possam atuar”, disse Mazzer.

- Quer receber as notícias no seu WhatsApp? Clique aqui.

Tem uma dica de notícia? Fez alguma foto legal? Registrou um flagrante em vídeo? Compartilhe com o Maringá Post, fale direto com o whats do nosso editor-chefe.