Popload Festival anuncia line-up com Pixies, Jack White, Cat Power e Years & Years

A edição 2022 do aguardado Popload Festival será realizado no dia 12 de outubro, no Centro Esportivo Tietê, em São Paulo, e terá Pixies, Jack White, Chet Faker, Jup do Bairro e Cat Power entre os destaques da programação. A venda de ingressos para o público em geral começa nesta terça, 14.

Esta é a oitava edição do Popload Festival, evento criado por Lúcio Ribeiro e Paola Wescher, que ganhou status para integrar o calendário de shows paulista. Desde seu início, o evento foi marcado por trazer nomes importantes da cena musical.

Confira as principais atração do Popload Festival 2022, com informações fornecidas pela produção do evento:

Pixies

Um dos grupos mais amados do indie-raiz, aquele lá do final dos anos 1980, que ganhou relevância na cena rock no rastro do Nirvana e do grunge e resiste bravamente até hoje, o Pixies foi originalmente formado por Black Francis (voz e guitarra), David Lovering (bateria), Joey Santiago (guitarra) e Kim Deal (baixo e backing vocal). Cravou seu nome na história com preciosidades do tamanho de Monkey Gone to Heaven e Here Comes Your Man.

Jack White

O músico e produtor Jack White colocou o seu nome no mundo como líder do The White Stripes, uma das principais bandas do novo rock no início dos 2000 e posicionou o guitarrista entre os grandes músicos do século 21. Envolvido em incontáveis projetos, ele fez do lockdown um momento de extrema produtividade: em abril deste ano, lançou o disco Fear of the Dawn.

Chet Faker

Nick Murphy, ou como assina profissionalmente Chet Faker, foi do viral de uma assombrosa versão trip-hop de No Diggity, do Blackstreet, para um premiado álbum de estreia, Built on Glass, lançado em 2014. O sucesso fez com que ele optasse por colocar o alter ego para descansar e, com o nome de batismo, deu continuidade a sua incursão pela música. Nick reviveu Chet Faker em 2021 com o lançamento do álbum Hotel Surrender.

Years & Years

Formado pelos músicos e produtores Mikey Goldsworthy e Emre Türkmen e o cantor e performer Olly Alexander, o grupo Years & Years lançou o seu álbum de estreia, Communion, em 2015, que foi número um das paradas de dance e eletrônico. Não demorou muito para que Olly Alexander se tornasse uma das estrelas do pop moderno, pioneiro, além de uma voz relevante no que diz respeito a assuntos ligados à saúde mental e questões LGBT+.

Cat Power

A habilidade de expor os seus sentimentos em músicas melancólicas e executá-las com força e vulnerabilidade por meio de apresentações hipnotizantes fez de Chan Marshall, mais conhecida como Cat Power, uma das cantoras mais cool da cena moderna. Nascida em Atlanta, nos Estados Unidos, ela se mudou para Nova York e lançou discos nos quais a cena nova-iorquina exerceu certa influência. Com o passar do tempo, no entanto, o folk, o blues e a soul music em que ela foi criada, se tornaram conhecidos em Moon Pix, de 1998, e The Greatest, de 2006. Recentemente, Cat Power divulgou um cover de “You Got The Silver”, dos Rolling Stones. A faixa, que integra o disco Let it Bleed, de 1969, foi a primeira gravação que os Stones fizeram com Keith Richards nos vocais. Chan volta ao Popload Festival, depois de estrelar o line-up em 2014.

Perotá Chingó

Perotá Chingó é um projeto que surgiu no verão de 2011. As argentinas e amigas de infância Lola Aguirre e Julia Ortiz gravaram uma música, “Ríe Chinito”, com um vídeo íntimo e caloroso, ao pôr do sol, e se tornou um dos primeiros fenômenos virais no YouTube à época. A partir daí, a banda iniciou a sua aventura musical. Desde 2012, percorreu grande parte da América Latina e Europa, organizando suas turnês e shows de forma independente. Perotá Chingó é um projeto em constante transformação que, hoje, se entrega a um novo capítulo criativo, com a proposta de unificação de dualidades. Dentro dessa ideia, o introspectivo é potencializado no expansivo, acompanhando um movimento coerente com estes novos tempos, nos quais uma experiência musical pode nos trazer de volta ao contato com a origem e o genuíno, além de gerar espaço para celebração comunal

Jup do Bairro

Multiartista paulistana, em meados de 2007 encontrou nas artes a possibilidade de externar suas vivências. Durante sua trajetória, atuou como educadora, palestrante, stylist, atriz, cantora, performer e produtora de eventos, tudo de forma autodidata e sempre colocando em pauta narrativas que atravessam seu corpo, de travesti, preta, gorda e periférica. Ela tem em sua obra o elogiado e necessário EP Corpo Sem Juízo (2020) e um intenso show ao vivo.

Ingressos:

PISTA:

Inteira: 1º lote | R$ 380 (inteira) | R$ 190 (meia-entrada)

Entrada Social*: 1º lote | R$ 209,00

PREMIUM:

Inteira: 1º lote | R$ 680 (inteira) | R$ 340 (meia-entrada)

Entrada Social*: 1º lote | R$ 374

Site de vendas (com taxa de conveniência): ticketsforfun com.br

*Entrada social: A entrada social é uma categoria de ingressos que oferece desconto de 45% no preço do ingresso inteira, caso o cliente opte por fazer uma doação de R$ 10,00 à Pastoral Povo da Rua do Padre Júlio Lancelotti dentro dos valores estabelecidos. O período de vigência da entrada social será até 21/9/2022, sujeito à disponibilidade de ingressos.

Classificação etária: Crianças abaixo de 05 anos não será permitida a entrada.

De 5 a 15 anos: Permitida a entrada acompanhado por pais ou responsáveis legais.

A partir de 16 anos: Permitida a entrada desacompanhados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.