Comércio paranaense começa 2024 com mais confiança, aponta pesquisa

Compartilhar

Foto: Alexandre Battibugli/Exame/Ilustrativa

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC), aferido pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) e pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR) atingiu 105,6 pontos em janeiro, com uma alta de 0,3% em relação ao mês anterior.

Apesar do ICEC ter voltado a crescer, o índice paranaense ainda se mantém abaixo da média nacional, pois em termos gerais os empresários brasileiros do comércio de bens, serviços e turismo estão um pouco mais confiantes, com incremento de 0,8% em relação a dezembro de 2023, somando 109,1 pontos.

A melhor percepção sobre o consumo atual, demonstrado na pesquisa de Intenção de Consumo das Famílias em janeiro, contribui para o aumento do otimismo, indicando que a motivação dos consumidores está em sintonia com a confiança dos comerciantes.

Embora as condições atuais do empresário do comércio (ICAEC) estejam abaixo do nível de satisfação, com 80,1 pontos, o seu crescimento de 7,9% com relação a dezembro do ano passado se destacou. O subindicador indica que os comerciantes paranaenses estão mais positivos com relação ao ambiente econômico, ao setor e às empresas comerciais

As expectativas dos empresários (IEEC) ficaram em 132,6 pontos, apresentando uma queda de 1,4% na variação mensal, mas com uma alta de 8,4% na comparação com o mesmo mês do ano anterior.

Com 104,3 pontos, as intenções de investimento (IIEC) decaíram 2,9% em relação ao mês anterior e 7,1% no ano. Esta variação negativa revela a cautela dos empresários em alocar mais capital na empresa antes de terem sua confiança confirmada.


Compartilhar