As vantagens das casas de madeira

Embora sejam ainda vistas como um produto do passado, a verdade é que as casas madeira constituem um passo em diante rumo a uma vivência mais económica, natural e saudável.

Acompanhe-nos neste artigo e descubra todas as vantagens proporcionadas pelas casas de madeira.

Uma questão de preço

Mais do que nunca, ser proprietário de uma casa parece um sonho distante para milhares de portugueses. A especulação imobiliária continua a subir, e em muitas regiões a fasquia de preço está tão elevada que impossibilita que os portugueses adquiram a casa própria com que tanto sonham.

Adicionalmente, o preço dos materiais de construção tradicionais subiu de forma galopante nos últimos tempos, fazendo com que mesmo a opção por construir de raiz uma casa em alvenaria seja um grande fardo financeira.
Esta realidade tem levado muitos portugueses a optar por procurar alternativas de construção mais económicas. Nesse sentido, optar por casas de madeiras de qualidade pode ser uma excelente opção.

As casas pré-fabricadas de madeira são uma alternativa a ter em conta, por quem tem um orçamento reduzido. Uma das grandes vantagens deste tipo de construção, é que os seus componentes são feitos em série, em fábricas especializadas e altamente eficientes, o que garante que o preço final da construção é muito aliciante.

Também muito importante é a rapidez de construção. As casas de madeira pré-fabricadas podem ser erguidas em poucos meses, o que representa um prazo muito mais curto do que acontece com a construção das casas de alvenaria. Isto significa que o custo com a mão de obra será muito inferior.

Mesmo no que diz respeito aos acabamentos, as habituações ditas convencionais requerem um investimento mais elevado, do que acontece com as casas pré-fabricadas, já que as infraestruturas para a colocação de cabos e tubos já vem preparada de fábrica.

Em suma, optar por casas de madeira é uma excelente opção para quem pretende construir a sua casa ao melhor preço possível.

Excelente nível de flexibilidade

As casas convencionais são bastante limitadas no que diz respeito à realização de alterações estruturais. Quando a família aumenta, ou quando se decide construir uma garagem, existe um problema real. Qualquer alteração deste tipo implica muitas dores de cabeça e um investimento monetário assinável.

O mesmo não acontece com as casas de madeira pré-fabricadas. A maioria das casas deste tipo permitem a adição de novos elementos, mesmo após a construção. Isto significa que são casas que podem evoluir conforme as necessidades de uma família.

Além disso, a madeira é um material muito flexível, que oferece uma grande liberdade arquitetónica. Com a dose certa de imaginação é possível fazer casas de madeira com qualquer tipo de inspiração. As casas de madeira podem ter inspiração campestre, marítima, moderna, tudo aquilo se possa imaginar.

Sustentabilidade, uma obrigação de todos

Vivemos numa era em que todos temos a obrigação de pensar não só no nosso futuro, mas também nas gerações que nos seguem. E se já ponderamos bem sobre tantos aspetos da sustentabilidade, como a forma como nos deslocamos, aquilo que compramos, então porque não olhamos também para a casa em que vivemos?

A construção de casas de madeira emite apenas 25% do dióxido de carbono que é libertado durante a construção de uma casa de betão e de aço. Esta é uma diferença assinalável, que mostra como logo desde o processo de construção, as construções de madeira são muito mais sustentáveis.
Contudo, podemos recuar ainda mais, até à origem dos materiais de construção utilizados nos diferentes tipos de habitação.

As casas de alvenaria utilizam uma grande diversidade de materiais e praticamente todos eles contribuem para a libertação de dióxido de carbono. Pelo contrário, a madeira é um material natural e renovável.
A madeira utilizada na construção de casas de madeira provém de florestas certificadas, onde são cumpridos diversos critérios para assegurar uma exploração consciente e sustentável. São abatidas apenas as árvores mais velhas e no seu lugar são plantadas árvores jovens capazes de absorver mais dióxido de carbono. Desta forma, trata-se de um ciclo de renovação.

Um tipo de construção testado e comprovado

É verdade que a construção de casas de madeira em Portugal não é tão popular quanto a construção em alvenaria. Contudo, nos últimos anos temos assistido a uma crescente procura por este tipo de casa.

E ao contrário do que se pode pensar, as casas de madeira são imensamente populares a nível internacional, o que significa que existe um enorme volume de conhecimento sobre esta forma de construção.

As casas de madeira são construídas desde há séculos e a metodologia de construção tem evoluído fortemente, através da incorporação de tecnologias mais modernas, como a madeira lamelada colada, que garante um nível de resistência ainda maior.

A nível global, 80% das casas erguidas em cada ano são de madeira. Estima-se que anualmente sejam finalizadas cerca de 2 milhões de casas de madeira.

Conforto térmico e acústico

Por fim, é importante levar em consideração o maior nível de conforto proporcionado por estas habitações. A madeira é um excelente regulador natural de temperatura e de humidade. Isto significa que a atmosfera interior é agradável e saudável.

Opte por casas de madeira

Em suma, se procura uma solução de habitação mais económica, sustentável e rápida de construir, encontra uma excelente opção nas casas de madeira.

Se optar por casas pré-fabricadas conseguirá um preço ainda mais apelativo e nem terá que abdicar da personalização, já que algumas das empresas que trabalham nesta área oferecem a possibilidade de personalizar diversos parâmetros das construção sem custos adicionais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.