Jovem é espancado, torturado e queimado vivo no PR

Compartilhar

Foto: Divulgação

Polícia Civil prende um dos envolvidos no crime brutal e procura outro foragido; três adolescentes já estão apreendidos

Paulo Vinícius Santos de Lima, de 25 anos, foi vítima de um crime bárbaro na Cidade Industrial de Curitiba (PR), em março do ano passado. Ele foi espancado, torturado e queimado vivo por cinco jovens, sendo três deles menores de idade. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital dois dias depois.

A Polícia Civil investigou o caso e prendeu nesta terça-feira (6) um dos suspeitos de participar do assassinato. Outro suspeito está sendo procurado pela polícia. Os três adolescentes envolvidos já estão apreendidos na Delegacia do Adolescente. Eles devem responder por homicídio qualificado e corrupção de menores.

Segundo a polícia, Paulo Vinícius foi agredido por 36 minutos sem parar, com barras de ferro e pedaços de madeira. Depois, os agressores tentaram afogá-lo em um córrego, mas não conseguiram. Então, eles compraram combustível em um posto próximo e voltaram ao córrego, onde atearam fogo no corpo da vítima, que ainda estava viva. Ele foi encontrado apenas de cueca, gravemente ferido, por pedestres que passavam pelo local ao amanhecer.

A polícia teve acesso a imagens de câmeras de segurança que registraram o crime e ouviu testemunhas que ajudaram na identificação dos suspeitos. A motivação do crime ainda não foi esclarecida.

VÍDEO

Fonte: Banda B.


Compartilhar