De olho na liderança, Maringá FC recebe o São Joseense nesta segunda-feira (5)

Compartilhar

Partida está marcada para às 20h, no Estádio Regional Willie Davids. Com ingressos ainda à venda, tricolor espera casa cheia em jogo que pode colocar o clube maringaense na liderança do Campeonato Paranaense.

Por Victor Ramalho

O Maringá FC tem nesta segunda-feira (5) a chance de retomar a liderança do Campeonato Paranaense. Às 20h, o clube enfrenta o São Joseense, no Estádio Regional Willie Davids. Os ingressos seguem à venda pela internet, com preços a partir de R$ 25 para quem aderir a meia-entrada. Neste ano, a promoção da meia-entrada solidária nos jogos do MFC segue valendo e, para participar, basta doar 1kg de alimento ou de ração para animais na entrada para o jogo.

O clube ainda não divulgou a parcial de ingressos vendidos, mas a expectativa é pela presença de, ao menos, 7 mil torcedores. Uma vitória diante do lanterna pode fazer o tricolor empatar em pontos com o Athletico-PR, atual líder do torneio. Caso vença, além dos pontos, o Maringá também empataria com o Furacão em número de vitórias, com o desempate sendo decidido no saldo de gols, que atualmente é de 8 a 7 para o Athletico, ou seja, uma vitória por dois gols de diferença pode fazer o MFC assumir a ponta.

Atualmente, a equipe de São José dos Pinhais é a 12ª colocada, com apenas 2 pontos ganhos e nenhuma vitória em cinco rodadas. Recentemente, a equipe trocou de treinador: demitiu Luciano Gusso, após uma derrota para o Andraus e anunciou o retorno de Ageu Siqueira, campeão da Série C estadual pelo próprio clube em 2017.

Já o Maringá FC é atualmente o 3º colocado, com 11 pontos, 2 atrás do vice-líder Coritiba e 3 do líder Athletico-PR. Na última rodada, a equipe de Jorge Castilho vence o Operário, em Ponta Grossa, por 1 a 0.

A principal dúvida do MFC para o jogo é o goleiro Dheimison, que saiu lesionado no confronto diante do Fantasma, alegando dores no joelho. O atleta passou por exames na última sexta-feira (2), mas os resultados não foram divulgados oficialmente.

Foto: Ilustrativa/Rodrigo Araújo/MFC


Compartilhar