Galo Maringá supera o Londrina, vence a primeira no Paranaense e encerra ‘tabu’ de quase 10 anos

Compartilhar

A última vez que uma equipe maringaense havia vencido o Tubarão foi em 2015. Vitória nessa quarta-feira (31), no Estádio do Café, tirou o Galo da zona de rebaixamento.

Por Victor Ramalho

Enfim, os primeiros três pontos vieram. Jogando na noite dessa quarta-feira (31), no Estádio do Café, o Galo Maringá venceu o Londrina por 2 a 1, fora de casa, conquistando a primeira vitória na atual edição do Campeonato Paranaense.

Os dois gols foram marcados logo no início da partida. Marcelinho, com 1 minuto de jogo, abriu o marcador, enquanto Bruninho ampliou 4 minutos depois. Ainda na primeira etapa, Calyson descontou para os donos da casa. O Tubarão até pressionou na etapa complementar, mas o Galo conseguiu segurar o ímpeto adversário com boas defesas do goleiro Colmán.

Com o resultado, o Galo sai momentaneamente da zona de rebaixamento do estadual e agora é o 9º colocado, com 4 pontos. Já o Londrina cai para a 11ª posição, com apenas 3 pontos ganhos.

O jogo foi apenas o segundo sob o comando da nova comissão técnica, formada pelo treinador Emerson Cris e pelo auxiliar Léo Maringá. Na coletiva pós-jogo, Cris comemorou o resultado positivo.

“Graças a Deus conseguimos um bom resultado. No futebol, além do desempenho esportivo, o resultado também é sempre muito importante, é o que vale. Nós precisamos ter a sobriedade de entender que é um processo de evolução, já havia dito que temos atletas de extremo valor aqui no clube, então procuramos montar uma estratégia em cima disso. Jogadores com disposição e qualidade, nos ajudaram a conseguir um resultado muito importante para nós”, disse.

O resultado coloca fim a um ‘tabu’ de quase uma década. Há 9 anos, times de Maringá não venciam o Londrina em competições oficiais. A última vitória havia sido no Campeonato Paranaense de 2015, no dia 5 de abril daquele ano. Na ocasião, no mesmo Estádio do Café, o Maringá FC venceu o Tubarão por 2 a 1. No comando do MFC naquele jogo, estava Claudemir Sturion, mesmo treinador que comandou o Galo até duas rodadas atrás.

Foto: Tiago Valenciano/Galo Maringá


Compartilhar