Sob comando do fotógrafo João Paulo Santos, agência Artpress cresceu 250% no último ano

Compartilhar

Atuando há 20 anos no ramo da imagem em Maringá, o fotógrafo João Paulo Santos resolveu acreditar no próprio negócio: deu certo

Uma paixão que já dura 20 anos se transformou em negócio. Após milhares de cliques com a sua máquina fotográfica, o hoje empresário e fotógrafo João Paulo Santos enxergou os setores da fotografia e do audiovisual como uma oportunidade para empreender em Maringá e região. Nascia assim, em 2009, a Agência Artpress, que comemora um crescimento de 250% no ano de 2023.

Para a reportagem do Maringá Post, o fotógrafo João Paulo Santos contou a sua trajetória profissional e relembrou algumas fotografias que marcaram a carreira dele, especialmente quando ainda era fotógrafo e editor de Fotografia do extinto jornal impresso O Diário do Norte do Paraná. Na carreira de fotojornalista, ele conquistou alguns prêmio de Fotografia, como o da Viapar e da Fecomércio.

MARINGÁ POST – O que levou você a optar pelo caminho profissional da fotografia?
JOÃO PAULO SANTOS – Eu me interessei pela fotografia no primeiro ano da faculdade de Jornalismo, em 2002, quando fiquei encantado com o processo, desde a captação até a revelação, na época em p&b, no laboratório da Unicesumar. A princípio, por hobby, porém, no ano seguinte, com as aulas do Dr. Paulo Boni, me aprofundei mais na fotografia e fiz dela uma profissão. Em 2005, iniciei o curso de Publicidade e Propaganda, quando recebi a oportunidade de ministrar aulas de fotografia para o Colégio Objetivo e técnico em Fotografia da Unicesumar, trabalhando com os cursos de Jornalismo, Publicidade e Moda. Em 2007, entrei no jornal O Diário e trabalhei cobrindo festas. Em 2008, tive a oportunidade de assumir a edição de Fotografia do jornal até 2011, e posteriormente de 2012 até 2019.

Conte um pouco da trajetória da Agência Artpress e quais os principais serviços prestados.
A Agência Artpress surgiu em 2009, quando já estava no jornal O Diário. Cobria campeonatos amadores de futebol, paralelos ao jornal, geralmente aos fins de semana. Com o surgimento do Maringá FC, passei a acompanhar o clube e outros esportes, como o futsal pela Liga Nacional, vôlei, ciclismo, natação, e criei parcerias como correspondente com jornais do País, como Folha de S. Paulo, Estadão, Lance e O globo. Cobria pautas jornalísticas e esportes pela região Norte, inclusive o Campeonato Brasileiro e Copa do Brasil. Também cobria shows, eventos para CBV, CBDU, CBR (rugby), CBC (ciclismo), stock car e a Liga Mundial de Vôlei realizada em Maringá. Começou assim a Artpress, mas hoje vou além do fotojornalismo: na agência, nosso foco é criar conteúdo criativo através da fotografia e do vídeo para alavancar os negócios de empresas e de profissionais liberais de Maringá e região.

Qual o segredo para se manter há décadas no mercado fotográfico e audiovisual em Maringá?
Trabalhando sempre com ética, respeitando os clientes e se atualizando: novas tecnologias surgem a todo momento, e o bom fotógrafo precisa sempre estudar novas técnicas.

Recentemente, você passou a integrar o BNI Conecta, o maior grupo de networking da América Latina. Recomendaria para outros profissionais participar do BNI?
Foi uma alegria imensa ser convidado! No BNI Conecta, grandes empresários trabalham para expandir seu networking e, acima de tudo, buscar o fortalecimento da rede como um todo. A metodologia nos oferece crescimento profissional, pessoal e reconhecimento perante grandes empresas.

Quais os planos para o futuro?
A Artpress cresceu 250% no último ano, e sou grato por isso, mas o trabalho é intenso, começo cedinho e só paro à noite. A meta é expandir o nosso trabalho para outras cidades, sempre prezando pela qualidade e ética com os clientes.

TOP 3 – FOTOS DE JOÃO PAULO SANTOS

Rebelião com reféns na Casa de Custódia de Maringá, em 2011. Foto: João Paulo Santos

“Quase 200 detentos iniciaram uma rebelião na Casa de Custódia de Maringá. O motim teve início quando presos da galeria 2 subiram no telhado, levando um agente penitenciário como refém. O homem era ameaçado o tempo inteiro com uma barra de ferro.”

Visita do príncipe do Japão Akishino a Maringá, em 2015. Foto: João Paulo Santos

“Suas altezas imperiais, o príncipe e a princesa Akishino (Fumihito e Kiko), visitam o Brasil para celebrar os 120 anos de amizade entre o Japão e o Brasil.”

Passagem da Tocha Olímpica em Maringá, em 2016. Foto: João Paulo Santos

“Visita da Tocha Olímpica em Maringá, quando o Brasil foi sede dos Jogos Olímpícos Rio 2016. Na foto o atleta campeão maringaense Ricardinho levando a tocha em um dos trechos do percursso na cidade.”

AGÊNCIA ARTPRESS
Fotos e vídeos de João Paulo Santos
Instagram: @agenciaartpress
Telefone: (44) 99962-1914


Compartilhar