Juntos até o final: Cachorro fica ao lado do tutor que morreu atropelado no Paraná

Compartilhar

No início da manhã deste domingo (21), um homem de 44 anos morreu ao ser atropelado na BR-277, em São José dos Pinhais (cerca de 440 km de Maringá). Em gesto de lealdade, o cachorro dele permaneceu o tempo todo ao lado do tutor, durante o atendimento da ocorrência.

Comovidos com a situação, a equipe da PRF (Polícia Rodoviária Federal) resgatou o cão, com a intenção de levá-lo para alguma cidade de proteção animal. Depois, um soldado do Corpo de Bombeiros se ofereceu para ficar com o animal e encaminhá-lo para uma entidade de São José dos Pinhais.

O motorista responsável pelo atropelamento fugiu do local sem prestar socorro, mas o carro foi abordado pouco tempo depois, em Morretes, a cerca de 25 quilômetros de onde o acidente aconteceu.

PRISÃO DO MOTORISTA

Durante a abordagem, a PRF percebeu que o carro estava com danos no capô, para-brisa e teto. O motorista foi preso em flagrante e outras duas pessoas que estavam no carro foram conduzidas à delegacia para prestar esclarecimentos.

Segundo informações da polícia, dois dos três ocupantes do veículo respondem por outros crimes, como estupro, ameaça e estelionato. O motorista passou pelo teste do bafômetro, que não apontou para o consumo de álcool.

Foto: Divulgação / PRF


Compartilhar